Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Brasil registra exportações recordes de commodities em 2023, impulsionando superávit comercial para quase US$ 100 bi

Produções recorde e demanda externa firme impulsionam o Brasil a atingir resultados históricos nas exportações de petróleo, soja, minério de ferro, carne bovina e de frango, entre outras commodities
Por Redação em 9 de janeiro de 2024 às 10h57
Brasil registra exportações recordes de commodities em 2023, impulsionando superávit comercial para quase US$ 100 bi
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

O Brasil celebra um ano de conquistas excepcionais no cenário internacional, com exportações recordes de diversas commodities em 2023, impulsionando o superávit comercial do país para quase 100 bilhões de dólares, de acordo com dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta sexta-feira.

Destacando-se nos números de dezembro, o Brasil alcançou uma exportação mensal recorde de minério de ferro, totalizando 39,65 milhões de toneladas, representando um aumento notável de 24% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Ao longo do ano, os embarques dessa commodity alcançaram o maior volume em cinco anos, consolidando a posição do Brasil como líder nesse setor.

As exportações de soja, principal produto de exportação do Brasil, confirmaram seu recorde anual, atingindo 101,9 milhões de toneladas, um aumento significativo de 29,4%. O setor gerou receitas de 53,2 bilhões de dólares, um acréscimo de 14,4% em relação ao ano anterior.

O petróleo brasileiro também teve desempenho notável, registrando um recorde de 81,8 milhões de toneladas exportadas em 2023, alinhado ao crescimento da produção nacional no pré-sal, representando um aumento de 19,1%. As receitas geradas por essas exportações somaram 42,5 bilhões de dólares, mantendo-se praticamente estáveis em comparação com 2022.

Outro destaque foi o açúcar, com exportações de 31,4 milhões de toneladas em 2023, alcançando um novo recorde e registrando um aumento de 15% em relação a 2022. As exportações de milho e carnes bovina e de frango também atingiram máximas históricas em volumes ao longo do ano.

Os resultados positivos não se limitaram às exportações anuais; dezembro testemunhou marcas extraordinárias, com as exportações de minério de ferro batendo o recorde anterior estabelecido em dezembro de 2015. As mineradoras, como a Vale, podem ter se beneficiado dos preços mais altos da commodity, alcançando níveis que não eram vistos desde abril de 2022.

A Secex revela que, somente em dezembro, as exportações de minério de ferro do Brasil atingiram 3,5 bilhões de dólares, um aumento impressionante de quase 70% em relação ao mesmo período do ano anterior. O preço médio do minério exportado em dezembro ficou em 88,5 dólares por tonelada (base FOB), representando um aumento de 36,6% em comparação com dezembro de 2022.

O Brasil encerra 2023 como um protagonista no comércio internacional de commodities, evidenciando sua capacidade de liderar em setores estratégicos e contribuir significativamente para a balança comercial global.

Brasil registra exportações recordes de commodities em 2023, impulsionando superávit comercial para quase US$ 100 bi

 

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar