Ibovespa
122.243,42 pts
(-0,32%)
Dólar comercial
R$ 5,45
(1,16%)
Dólar turismo
R$ 5,65
(1,05%)
Euro
R$ 5,84
(0,96%)

Estados Unidos favorecem a ampliação de pontes fronteiriças com o México

Nova legislação dos Estados Unidos impulsiona o aumento de cruzamentos diários nas pontes entre o Texas e o México
Por Redação em 29 de janeiro de 2024 às 10h50
Estados Unidos favorecem a ampliação de pontes fronteiriças com o México
Puente Colombia (Foto: Divulgação/Puente Colombia)
Puente Colombia (Foto: Divulgação/Puente Colombia)

Após uma nova legislação nos Estados Unidos, a expansão e construção do projeto de Pontes Fronteiriças entre o Texas e o México serão favorecidas em seu aumento, com cerca de 8.000 cruzamentos diários, anunciou Marco González, secretário de Desenvolvimento Regional e Agropecuário de Nuevo León.

O secretário, em nome do governador de Nuevo León, Samuel García, participou de uma conferência de imprensa em Laredo, Texas, onde Ted Cruz, senador pelo Texas, e Henry Cuéllar, congressista pelo mesmo estado norte-americano, informaram sobre esta nova reforma.

Aumento de Cruzamentos Diários
González acrescentou que, com esse impulso dos legisladores norte-americanos, a expansão será concretizada mais rapidamente do que o planejado e que a cada 15 dias, as entidades desses estados se reunirão.

A ampliação da Ponte Internacional do Porto Fronteiriço Colômbia - Laredo, ponto de ligação entre Nuevo León, Texas e Estados Unidos, aumentará sua capacidade de operação em cerca do dobro, uma vez que os cruzamentos diários aumentaram de cerca de 3.200 para 6.000, e a curto prazo é previsto um crescimento de cerca de 8.000 cruzamentos diários.

Por sua vez, o diretor honorário da Corporação para o Desenvolvimento da Zona Fronteiriça de Nuevo León (Codefront) informou que a modernização da infraestrutura física do Porto Colômbia - Laredo continua avançando, visando consolidá-lo como o cruzamento fronteiriço mais rápido e seguro do México.

Expansão de Faixas
Ele especificou que, durante este ano, a expansão das faixas de exportação e importação continuará (passando de seis para 10) e das cabines de cruzamento (de sete para 13).

González acrescentou que isso se somará à nova infraestrutura já concluída durante 2023 nos terrenos do Porto.

"Estamos falando que já concretizamos o novo Ponto de Inspeção ou Check Point aprovado pelas autoridades dos Estados Unidos, a nova Base da Força Civil, que passou de 35 para 350 elementos permanentes, os Arcos de Entrada e Saída, e a renovação do Parador Turístico na entrada", concluiu.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar