Ibovespa
124.822,05 pts
(-0,41%)
Dólar comercial
R$ 5,27
(1,60%)
Dólar turismo
R$ 5,49
(1,73%)
Euro
R$ 5,60
(1,57%)

Mercado de veículos comerciais do Chile enfrenta queda de 24,6% nas vendas em janeiro

Restrições econômicas e de financiamento impactam negativamente o setor automotriz chileno
Por Redação em 20 de fevereiro de 2024 às 11h54
Mercado de veículos comerciais do Chile enfrenta queda de 24,6% nas vendas em janeiro
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

No primeiro mês do ano, o mercado chileno de veículos comerciais enfrentou uma retração significativa, refletindo o fraco desempenho econômico que tem afetado diversos países sul-americanos. De acordo com dados da ANAC (Associação Nacional Automotriz do Chile), as vendas totalizaram 1.162 unidades, representando uma queda de 24,6% em comparação com o mesmo período do ano anterior, quando foram vendidos 1.541 veículos.

Do total de veículos comercializados, 1.033 foram caminhões, registrando uma diminuição de 14,7% em relação aos 1.211 vendidos em janeiro de 2023. Já as vendas de ônibus e miniônibus atingiram 129 unidades, marcando uma redução de 60,9% em comparação com as 330 unidades vendidas no mesmo período do ano passado.

Assim como outros países sul-americanos, o mercado chileno foi impactado pelas restrições de um cenário econômico desfavorável, caracterizado por dificuldades persistentes de acesso a financiamento, o que tem prejudicado o setor automotriz de forma significativa.

Executivos da ANAC ressaltam que o mercado de caminhões é particularmente sensível às condições econômicas, dependendo fortemente dos índices de investimento e confiança empresarial. No segmento de ônibus, excluindo os veículos fornecidos para o sistema de mobilidade urbana de Santiago, o RED, as vendas apresentaram uma elevação de 19,8%, totalizando 127 veículos, em comparação com 106 unidades vendidas em janeiro do ano anterior.

A liderança geral do mercado de caminhões ficou com a Mercedes-Benz, que comercializou 165 veículos, seguida pela Volvo com 123 unidades, Scania com 103 e Volkswagen com 96 veículos.

Na categoria de veículos leves, a Foton liderou com 19 veículos, seguida pela Fuso, JAC, Chevrolet e Mercedes-Benz. Entre os veículos médios, a Chevrolet se destacou com 56 unidades vendidas, seguida pela Fuso, Volkswagen e Hino.

No segmento pesado, a Mercedes-Benz liderou com 151 veículos, seguida pela Volvo, Scania e Volkswagen. Já no mercado de ônibus, a Scania liderou com 40 unidades, seguida pela Volvo, Mercedes-Benz e Volare (Marcopolo).


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar