Ibovespa
119.630,44 pts
(0,41%)
Dólar comercial
R$ 5,43
(0,22%)
Dólar turismo
R$ 5,63
(0,04%)
Euro
R$ 5,83
(0,26%)

Colliers divulga estudo sobre oferta de áreas locáveis

Queda na taxa de disponibilidade foi de 17,10%, o que reflete um aumento na demanda por espaços operacionais
Por Redação em 7 de julho de 2014 às 14h58

A Colliers International Brasil informa que o primeiro trimestre de 2014 foi positivo para o mercado de condomínios logísticos do Brasil. Segundo o estudo divulgado pela companhia na última semana de junho, a demanda foi superior ao total entregue, o que contribuiu para a queda na taxa de disponibilidade, que fechou o período em 17,10%, ante 18,92% em relação ao trimestre anterior. Para os próximos dois trimestres, a expectativa do mercado nacional é receber mais de 1 milhão de m².

No primeiro trimestre deste ano, foram entregues 183 mil m², sendo que 95% se referem a empreendimentos nos estados de São Paulo e Paraná. O inventário brasileiro é de 8,59 milhões de m², sendo que o Sudeste responde por 81% deste total.

A absorção líquida nacional foi de 251 mil m² no período. O Sudeste foi responsável pela a absorção de 204.064 m², seguido pelo Sul, com 26.910 e pelo Nordeste, com 20.637. O Norte não registrou movimentação e o Centro-Oeste apresentou queda de 499 m² nas locações.

Em relação aos valores, os preços médios pedidos de locação nas regiões brasileiras permaneceram estáveis quando comparados ao trimestre anterior. O estado de São Paulo teve um ligeiro aumento passando de R$ R$ 21 o m² por mês para R$ 21,50. Já a região Nordeste apresentou queda nos preços pedidos, de R$ 16 para R$ 15,70 o m² por mês.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar