Ibovespa
126.134,58 pts
(-0,21%)
Dólar comercial
R$ 5,64
(-0,30%)
Dólar turismo
R$ 5,87
(-0,04%)
Euro
R$ 6,12
(-0,20%)

Ulma Handling Systems automatiza a intralogística da Sinteplast na Argentina

Com o projeto, CD da fabricante de tintas ganhou espaço, mais agilidade de processos e aumentou a capacidade de expedição de produtos
Por Redação em 28 de janeiro de 2021 às 10h03 (atualizado às 10h46)

A Ulma Handling Systems desenvolveu uma solução a fim de automatizar a intralogística da Sinteplast, companhia que atua no mercado de tintas na Argentina. O resultado do projeto foi o ganho de espaço, mais agilidade de processos e aumento da capacidade de expedição de produtos da indústria. Os números mostram a eficácia das melhorias. Com a aplicação das novas tecnologias, a empresa passou a expedir diariamente 500 mil litros de produtos. Anteriormente, eram 250 mil l.

A decisão pela automatização do centro de distribuição (CD) da Sinteplast ocorreu com a identificação das restrições na capacidade de armazenamento e de separação de pedidos, pois havia elevada ocupação em seus armazém, cerca de 95%.

“Contávamos com uma área livre de 3 mil m² para ampliar nosso armazém, mas se o construíssemos de forma convencional, conseguiríamos 4 mil posições-palete adicionais. Por outro lado, apostando em uma solução automatizada, o espaço de armazenagem saltaria para 18 mil posições, em um armazém de 40 metros de altura”, conta o gerente de Planejamento e Logística da Sinteplast, Martin Müller.

No projeto desenvolvido pela Ulma, as entradas de produto acabado no armazém automatizado da Sinteplast são controladas por um sistema de carros sorting transfer vehicle (STV). O estoque conta com dez corredores, nos quais operam cinco transelevadores que movimentam paletes (unit load). Nestes locais, os transelevadores podem ser intercambiados entre os diferentes corredores, graças a um traverser instalado.

Adicionalmente, a Sinteplast conta com cinco postos de picking com o conceito “Produto à Pessoa”, podendo preparar até 25 pedidos de forma simultânea.

Com a automatização, a empresa registrou, ainda, uma redução nos ajustes de inventário e nos erros de picking. Antes, seguia o conceito pessoa a produto e, com o processo automatizado, o produto passou a vir à pessoa, impondo um novo e otimizado ritmo no processo.

Ulma Handling Systems automatiza a intralogística da Sinteplast na Argentina

Müller explica que o sistema tem grande flexibilidade, porque trabalha em dois subsistemas – um de paletes e outro de cestas plásticas –, que permitem atender tanto pedidos pequenos quanto grandes. “Uma vez finalizada a preparação do pedido na área de paletes, os pedidos são consolidados na área de cestas plásticas, controlada por um armazém automático do tipo mini load. Neste subsistema, o palete é completado com itens para ser, finalmente, transportado à área de expedição”, completa o gerente de Planejamento e Logística.

Resultados

Graças à automatização intralogística das instalações, a fabricante de tintas conseguiu duplicar sua capacidade de separação de pedidos, aumentando a expedição de 250 mil l para 500 mil l por dia. A solução é escalável, permitindo atender a todos os pedidos recebidos e, caso tenha um aumento de pedidos, poderá incluir transelevadores, expandindo sua capacidade de movimentação dentro do armazém automatizado.

A combinação de armazém automatizado e separação de pedidos também permitiu à Sinteplast otimizar o espaço de armazenagem, ganhar produtividade e eficiência no processo intralogístico.

O presidente da Ulma Handling Systems na América Latina, Marcelo Bueno, destaca que este é mais um projeto que mostra a linha de atuação da companhia que, desde 2019, está orientada a ter mais aproximação do dia a dia dos clientes para apresentar melhores práticas, tendências, observar ocorrências na cadeia de valor e estudar diferentes cenários para prover ou modificar uma instalação logística automatizada alinhando com as prioridades de negócios das empresas.

“Temos uma engenharia de alta qualidade que esteve envolvida no desenvolvimento do projeto Sinteplast focando a inovação, resultando em uma solução personalizada e flexível. Nosso núcleo para atender América Latina está alinhado com os mais modernos conceitos da logística 4.0 para que nossos clientes estejam plenamente atendidos e satisfeitos, qualquer que seja seu desafio”, afirma Bueno.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar