Ibovespa
124.305,57 pts
(-0,34%)
Dólar comercial
R$ 5,17
(0,27%)
Dólar turismo
R$ 5,37
(0,22%)
Euro
R$ 5,61
(0,64%)

Raízen e ASR Group definem padrão para cadeias de suprimentos sustentáveis

Acordo plurianual cria, segundo as empresas, a primeira cadeia fisicamente rastreável de cana-de-açúcar
Por Redação em 23 de agosto de 2022 às 11h25

A Raízen e a ASR Group, refinador e comercializador de açúcar de cana do mundo, anunciam um acordo que define o padrão para cadeias de suprimentos sustentáveis de cana-de-açúcar em todo o mundo. O acordo plurianual cria, segundo as empresas, a primeira cadeia fisicamente rastreável e 100% não-GM certificada do mundo.

O acordo se estende desde as fazendas e os bioparques de energia certificados da Raízen no Centro-Sul do Brasil, até às marcas dos produtos finais de açúcar de cana da ASR Group na América do Norte e na Europa.

As empresas ressaltam que o negócio é sustentado por um investimento e um compromisso de compra de dez anos da ASR Group. A Raízen desenvolveu processos, infraestrutura e soluções tecnológicas para rastrear o açúcar bruto de cana de suas fazendas e bioparques e segregar o produto final até um terminal portuário dedicado para exportação. Além de carregar o status de não-geneticamente modificado, a Raízen garante que o açúcar bruto atenda aos mais altos padrões globais éticos e ambientais.

Os primeiros embarques do açúcar sob o novo acordo estão sendo realizados por meio de um terminal de exportação dedicado contratado pela Raízen no Porto de Paranaguá (PR). Durante o primeiro ano, as refinarias de cana-de-açúcar da ASR Group no Canadá, Reino Unido, Portugal e Itália receberão entregas como parte das cadeias de fornecimento das marcas locais do grupo. Futuros embarques para as refinarias nos Estados Unidos também estão sendo considerados.

“Esse movimento marca um novo capítulo na rastreabilidade do açúcar global. A iniciativa nos permite que ao segregar nossa operação, mensuremos de forma mais precisa todo o impacto e a redução de pegada de carbono da nossa cadeia”, diz o vice-presidente de Trading da Raízen, Paulo Neves.

Ainda de acordo como executivo, com a certificação é possível atestar a ausência de cana geneticamente modificada em todo o nosso processo, valorizando o produto junto aos clientes que buscam por este açúcar.  

Os prêmios que serão pagos pela ASR Group serão reinvestidos pela Raízen em prol dos compromissos de ESG de ambas as empresas, sendo destinados para iniciativas de aumento de produtividade e redução de emissões de GEE, incluindo projetos de inovação e eficiência agrícola alinhados aos compromissos públicos de gestão de emissões da Raízen, além de projetos de redução do uso da água nos bioparques de energia e outras iniciativas de sustentabilidade.

O vice-presidente sênior de Açúcares Globais da ASR Group, Alan Wood, destaca que o acordo representa um grande e importante investimento de ambos nos compromissos em serem as empresas de açúcar mais sustentáveis do mundo. “Estamos pagando um prêmio por esse açúcar e estamos empolgados que a Raízen esteja reinvestindo isto em mais projetos de sustentabilidade. Estamos confiantes de que isso dará aos nossos clientes, bem como às milhares de pessoas que trabalham em nossos próprios negócios, um grande orgulho de que as cadeias de suprimentos das quais fazem parte continuarão na vanguarda da redução de seu impacto nas pessoas e no planeta.”

A rastreabilidade de toda a cadeia foi certificada de forma independente pela FoodChain ID, empresa de auditoria, certificação, análises e demais soluções para produtores e empresas que buscam alto nível de sustentabilidade, credibilidade e segurança de alimentos. A empresa tem mais de 20 anos de experiência na criação de cadeias de suprimentos seguras e certificadas em todo o setor, trabalhando com agricultura, marcas de alimentos e varejistas de alimentos e bebidas. 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar