Ibovespa
122.650,92 pts
(1,08%)
Dólar comercial
R$ 5,39
(-0,92%)
Dólar turismo
R$ 5,60
(-1,09%)
Euro
R$ 5,79
(-0,51%)

Maersk estrutura operações para crescer na América Latina

Objetivo é garantir uma rede de armazéns que complemente os planos de crescimento dos clientes e apoie o desenvolvimento da região
Por Redação em 29 de dezembro de 2022 às 11h31 (atualizado às 11h37)
Maersk estrutura operações para crescer na América Latina

A Maersk informa que com o objetivo de conectar melhor a América Latina com o mundo está expandindo seu armazenamento de ponta a ponta e sua rede regional de consolidação e desconsolidação com soluções que atendam às necessidades do cliente.

Como parte do compromisso de ser um integrador logístico integrado, a Maersk planeja crescer na América Latina para garantir uma rede de armazéns que complemente os planos de crescimento dos clientes e apoie o desenvolvimento da região.

Em setembro de 2022, por exemplo, a empresa lembra que inaugurou um armazém em Cajamar (SP), localizado próximo aos principais centros econômicos da Região Sudeste e próximo aos principais mercados consumidores de varejo, tecnologia e eletrônicos, moda e lifestyle. A instalação está localizada a 50 km dos principais aeroportos do Brasil, 120 km do Porto de Santos (SP) e 30 km da cidade de São Paulo, com acesso às principais rodovias.

Leia mais: Maersk inaugura armazém em Cajamar

O gerente Regional de Armazenagem e Distribuição da Maersk na América Latina, Douglas Tacla, explica que o grupo possui atualmente aproximadamente 350 mil m² de armazéns na América Latina e mais de 20 centros de distribuição (CD) com localizações estratégicas em toda a região.

A Maersk anuncia, ainda, que pretende posicionar seus armazéns e CDs para que tenham conectividade com portos para integração com serviços marítimos, mas também próximos a ferrovias, rodovias e cidades, para melhor conectar toda a região.

Além da nova unidade inaugurada no estado de São Paulo, o grupo conta que também tem armazém funcionando em Manaus, São Bernardo do Campo (SP) e Itapoá (SC) e planeja instalar dois outros armazéns – um na Região Sul do Brasil e outro na cidade de Extrema (MG). Esses armazéns, garante a empresa, irão atender uma parte essencial para a logística do país.

Soluções em infraestrutura

De acordo com Tacla, os esforços da empresa em relação aos serviços de armazenamento e distribuição estão atualmente focados em aumentar a infraestrutura e tecnologia relacionada à inteligência artificial, com o objetivo de ter na América Latina uma capacidade e parâmetros de resposta semelhantes aos da Europa, Ásia e Estados Unidos.

“Uma das grandes vantagens de manter os serviços de armazenagem e distribuição na vanguarda é que eles se integram naturalmente com os serviços de logística de ponta a ponta, que poucas empresas no mundo conseguem oferecer aos seus clientes globalmente”, afirma o gerente Regional de Armazenagem e Distribuição da Maersk na América Latina.

Leia mais: Maersk adquire seis navios que operam com metanol verde

O executivo diz também que a imprevisibilidade durante a pandemia alimentou novas tendências de armazenamento, muitas das quais devem ter um efeito permanente. Ele exemplifica citando a implementação de tecnologias, digitalização e ar-condicionado sustentável nos armazéns da companhia que maximizaram as operações e ajudaram a reduzir as emissões de carbono.

“O mais recente galpão da Maersk, localizado em Cajamar, possui certificação LEED Platinum, que inclui painéis solares na cobertura, sistema de aproveitamento de águas pluviais e gerenciamento de resíduos, isolamento térmico em feltro, além de equipamentos para manuseio de baterias de lítio”, detalha Tacla.

Estratégias

O gerente afirma que a Maersk se transformou em uma provedora de serviços abrangentes de logística de ponta a ponta e as soluções de distribuição e armazenamento alavancam operações de rede global compartilhada para ajudar a otimizar as cadeias de suprimentos dos clientes.

Leia mais: Maersk anuncia novo CEO

Para ele, dentro desse cenário, há uma maior demanda por instalações eficientes para cobrir todas as necessidades de armazenamento. O executivo pontua dizendo que a busca por soluções no processo de armazenagem tem se tornado cada vez mais importante para as empresas, pois a complexidade ou não em termos de velocidade, controle e visibilidade depende da qualidade de sua administração. Além disso, a ideia de um novo modelo de solução de armazenamento e distribuição, finaliza Tacla, é que os armazéns fiquem mais próximos dos clientes.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar