Ibovespa
120.340,30 pts
(0,59%)
Dólar comercial
R$ 5,44
(0,15%)
Dólar turismo
R$ 5,66
(0,59%)
Euro
R$ 5,85
(0,22%)

DHL publica relatório Resiliência da Cadeia de Fornecimento de Semicondutores

Estudo identifica as principais áreas nas quais as empresas estão adaptando suas cadeias de suprimentos para torná-las mais resilientes e flexíveis
Por Redação em 27 de dezembro de 2022 às 11h49

A DHL publicou o relatório Resiliência da Cadeia de Fornecimento de Semicondutores, que identifica as principais áreas nas quais as empresas estão adaptando suas cadeias de suprimentos de semicondutores para torná-las mais resilientes e flexíveis. O trabalho, informa a companhia, surge devido à escassez de semicondutores no mercado no último ano.

A empresa conta que o trabalho foi baseado em entrevistas com líderes empresariais de diferentes setores da indústria e traz quatro tendências que fortalecem a cadeia logística do setor – digitalização acelerada, estratégia robusta de produtos e estoques, colaboração mais forte e sustentabilidade.

Leia mais: DHL Global Forwarding e GoodShipping ampliam parceria com mais de 60 milhões de litros de combustível marítimo sustentável

O relatório, reforça a DHL, também destaca oportunidades para provedores de logística apoiarem as empresas na busca de resiliência. Ao fornecer uma melhor cadeia de suprimentos, visibilidade e insights, os provedores de logística ajudam seus clientes a melhorar sua estratégia de estoque e apoiam suas iniciativas de sustentabilidade.

“A demanda por semicondutores continuará a aumentar. Portanto, as cadeias de suprimentos devem ser estáveis e ágeis ao mesmo tempo para garantir o fluxo de mercadorias em todo o globo. Como a maior empresa de logística do mundo, trabalhamos em toda a cadeia de suprimentos para reunir dados críticos, desenvolver capacidades operacionais e monitorar oportunidades de melhoria em resiliência, confiabilidade e sustentabilidade. Desta forma, podemos aprimorar a cadeia de semicondutores com nossos clientes”, diz o presidente do Setor de Tecnologia na DHL Customer Solutions and Innovations, Alexander Gunde.

Cenário do mercado

A companhia divulga que dados da Deloitte mostram que as interrupções na cadeia de suprimentos resultaram em perdas de mais de US$ 500 bilhões em receita em todo o mundo em 2020 e 2021. Um dos setores afetados, a indústria de semicondutores dobrará seus investimentos e aplicará US$ 99 bilhões em 2022 para aumentar a capacidade e atender à crescente demanda.

O studo da DHL identificou que fábricas em várias regiões estão enfrentando inúmeros desafios para entregar produtos no prazo e dentro do orçamento. Especificamente para a indústria de semicondutores, as empresas de logística podem ajudar com a complexa orquestração de entrega, ferramentas e manutenção de bens de capital e outros equipamentos.

Leia mais: DHL Supply Chain investe em novo campus logístico no Brasil

Por meio de entrevistas com líderes da cadeia de suprimentos de diferentes setores da indústria, a DHL identificou os quatro principais temas para ajudar as empresas a atingir suas metas de resiliência.

O primeiro tema é a digitalização. Dados detalhados sobre remessas, estoques, ativos de transporte e fornecedores permitem visibilidade na cadeia de suprimentos de semicondutores e fornecem informações, além de aumentar a eficiência operacional e melhorar a tomada de decisões. As empresas de logística fornecem análises de dados que melhoram a visibilidade do transporte e das operações de armazenagem com o objetivo de obter uma visão holística da cadeia de abastecimento.

O segundo ponto fica por conta da colaboração.  A restrição na capacidade transporte e na disponibilidade de bens de capital na cadeia de abastecimento de semicondutores é mais bem resolvida com os provedores de logística. Com esses acordos ampliados em escopo, redes globalmente integradas com gerenciamento centralizado estão surgindo e construindo resiliência.

Leia mais: DHL Global Forwarding conquista troféu da Colgate-Palmolive

Na sequência, a análise identificou a importância da estratégia robusta de produtos e estoques. A implantação de estoque extra de segurança, de atendimento mais flexível e de simplificação da linha de produtos na cadeia de semicondutores exige um suporte diferenciado. Os provedores de logística podem oferecer capacidade de armazenamento adicional, locais de estocagem mais próximos do destino final, análise de dados de inventário e muito mais.

Para finalizar, o quarto tema está relacionado à sustentabilidade. Isso porque, ao mesmo tempo em que maximizam a resiliência na cadeia de suprimentos, as empresas estão se concentrando em minimizar seu impacto ambiental. Os provedores de logística podem fornecer transporte e armazenar dados de emissões, otimizar rotas, cargas e modos de transporte, implantar tecnologias como veículos elétricos e combustíveis alternativos, bem como ajudam a desenvolver sistemas de circuito de logística fechados e iniciativas de economia circular.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar