Ibovespa
119.662,38 pts
(0,08%)
Dólar comercial
R$ 5,38
(0,28%)
Dólar turismo
R$ 5,58
(0,03%)
Euro
R$ 5,76
(-0,05%)

Produção de caminhões apresenta queda de 41,6% no 1o bimestre do ano, diz Anfavea

Fabricação de ônibus também teve resultado negativo em comparação ao ano passado
Por Raphael Minho em 7 de março de 2023 às 10h50 (atualizado às 10h51)
Produção de caminhões apresenta queda de 41,6% no 1o bimestre do ano, diz Anfavea

A produção de caminhões e ônibus no primeiro bimestre de 2023 teve um resultado bem abaixo quando comparado com os últimos anos, de acordo com o levantamento realizado pela Anfavea. Somente em relação ao mesmo período do ano passado, a produção de caminhões caiu 41,6%, enquanto a de ônibus teve queda de 37,3%.

Na comparação entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, a produção de caminhões sobe 100,6%, enquanto a fabricação de ônibus tem um aumento de 63%. Para Gustavo Bonini, vice-presidente da Anfavea, o resultado do primeiro bimestre foi impactado pelas férias do setor.

"O mês de janeiro foi impactado pelas férias do processo produtivo, em especial de caminhões e ônibus, [...] e agora em fevereiro esse volume já vai se recuperando, ainda abaixo de fevereiro do ano passado", explica Bonini em conferência de imprensa.

LEIA TAMBÉM: Volvo fecha 2022 com resultados históricos, mas prega cautela para 2023

Produção de caminhões apresenta queda de 41,6% no 1o bimestre do ano, diz Anfavea

Quando comparamos apenas os dados dos meses de fevereiro de 2023 e 2022, observamos um resultado menor neste ano de 28,7% para caminhões, e 34,8% para ônibus. Segundo o vice-presidente da Anfavea, algumas unidades que foram fabricadas no ano passado ainda estão sendo comercializadas.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar