Ibovespa
130.031,58 pts
(0,09%)
Dólar comercial
R$ 4,94
(0,13%)
Dólar turismo
R$ 5,14
(0,12%)
Euro
R$ 5,34
(0,22%)

38ª Healthcare Global Conference promove troca de conhecimento e tendências no setor de saúde

Zebra Technologies destaca avanços na digitalização da saúde
Por Redação em 10 de outubro de 2023 às 10h01

A 38ª Healthcare Global Conference, organizada pela GS1 e representada no Brasil pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, reuniu cerca de 450 especialistas de saúde de 55 países em São Paulo (SP). O evento, que iniciou no dia 3 de outubro, teve como tema "Conectando o futuro da saúde com uma simples leitura de código" e foca na disseminação de padrões de identificação de medicamentos e dispositivos médicos para garantir a rastreabilidade na cadeia de suprimentos.

Durante essa conferência internacional, representantes de diversos países compartilharam conhecimentos sobre gerenciamento de dados de provedores de saúde, logística hospitalar e tendências regulatórias farmacêuticas. Além disso, discutiram a implantação dos padrões GS1 na cadeia de suprimentos farmacêutica e hospitalar, visando melhorar a segurança e a experiência do paciente desde a origem dos medicamentos e insumos usados em tratamentos médicos.

Géraldine Lissalde-Bonnet, vice-presidente de Healthcare da GS1, destaca o potencial dos códigos da GS1 para garantir a utilização de medicamentos e instrumentos confiáveis, aproximando a medicina personalizada de se tornar realidade.

O presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, João Carlos de Oliveira, ressalta a importância do evento para o Brasil: "Depois de 13 anos, voltamos a sediar a conferência global, que nos traz a evolução no conhecimento e a troca de experiências internacionais com os profissionais do Brasil.”

A GS1 atua para facilitar processos de automação da rastreabilidade em instituições hospitalares em todo o mundo, buscando melhorar a origem dos insumos, o acompanhamento da distribuição e o registro de informações vitais, como data de fabricação, lote e data de validade.

Além disso, o evento enfatizou a importância do fluxo de informações eficiente no ecossistema de saúde para oferecer suprimentos, medicamentos e equipamentos adequados, destacando que dados desestruturados podem levar a erros, ineficiência, atrasos e comprometimento da segurança do paciente.

Painéis como "Construindo capacidades para apoiar o gerenciamento de dados de última geração em prestadores de serviços de saúde" demonstraram como a tecnologia aliada aos padrões GS1 pode melhorar a eficiência hospitalar e reduzir erros. Andrew Raynes, CIO do Royal Papworth Hospital (Reino Unido), compartilhou como a digitalização e o uso de códigos de identificação da GS1 reduziram o desperdício de suprimentos e melhoraram o atendimento.

No Brasil, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz também obteve sucesso na digitalização dos dados de medicamentos e identificação de pacientes, resultando na diminuição significativa de eventos adversos relacionados à ministração de medicamentos.

Marta Garcia, diretora executiva da Clínica Helios Salud, compartilhou como os padrões GS1 ajudaram a instituição a atingir 98% de adesão dos pacientes ao tratamento de HIV, graças ao uso de QR Codes para identificação e monitoramento de pacientes.

Zebra Technologies (NASDAQ: ZBRA), participante do evento, destacou três pontos essenciais durante a apresentação: Acesso às informações, ao enfatizar a importância da coleta de dados para a redução de erros, a gestão adequada dos medicamentos e o controle eficaz dos processos; comunicação eficiente, abordando estratégias para aprimorar a comunicação entre equipes hospitalares e dentro das próprias equipes; eficiência com recursos limitados, ao explorar como otimizar o controle de identificação com recursos existentes.

Além disso, a Zebra Technologies apresentou suas soluções, incluindo o computador móvel TC26 e a impressora ZD510-HC, projetada para a produção de pulseiras hospitalares.

"Com o avanço da tecnologia, podemos entregar soluções que ajudam os hospitais em todo o ciclo do paciente, desde a gestão dos dados até a comunicação entre as equipes, aumentando a precisão e reduzindo riscos. Muitas vezes, a tecnologia pode passar despercebida pelo público em geral, mas é ela que garante aspectos essenciais, como a administração correta de medicamentos e a entrega oportuna e segura de sangue doado aos pacientes", enfatizou Andrés Ávila, Gerente Sênior de Soluções de Marketing para América Latina.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar