Ibovespa
119.630,44 pts
(0,41%)
Dólar comercial
R$ 5,43
(0,22%)
Dólar turismo
R$ 5,63
(0,04%)
Euro
R$ 5,83
(0,26%)

Jamef investe na renovação da frota

Por Redação em 1 de maio de 2003 às 10h55 (atualizado em 10/05/2011 às 10h35)

Embora pesquisas apontem como 17,5 anos a idade média da frota de veículos de carga brasileiros, a Jamef renova seus caminhões com um ano e meio de utilização. Pedro Maniscalco, gerente administrativo e operacional da empresa, concorda que o Brasil tem um sério problema de renovação de frota, ao mesmo tempo que contrapõe que uma empresa de transporte tem sua atuação baseada na utilização de caminhões.

Com esse raciocínio, a partir de 2000, a Jamef intensificou a renovação da frota. "Nossos veículos nem podiam ser considerados velhos, tinham entre quatro e cinco anos, mas chegamos até a exagerar, utilizando caminhões zero na frota." A motivação foi a procura de qualidade, produtividade e regularidade nas transferências de carga. A empresa sempre exigiu muito da instalação física e da frota, por isso, o caminho óbvio foi a renovação.

O gerente acrescenta que, além disso, pesa na decisão a valorização do veículo, pois é infinitamente mais fácil substituir um caminhão com dois anos de vida do que com cinco, desvalorizado; e depois, a redução no custo de manutenção, já que o veículo está na garantia com todos as peças originais de fábrica. "Atribuímos o desempenho da companhia à freqüência da troca dos veículos e ao rastreamento total, por satélite, em todo o Brasil. São 315 caminhões novos e equipados com o que há de mais moderno em tecnologia", orgulha-se.

Jamef (11) 6902-2600

Veja mais detalhes dos novos caminhões da Jamef na edição de maio da Tecnologística

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar