Ibovespa
126.134,58 pts
(-0,34%)
Dólar comercial
R$ 5,65
(-0,07%)
Dólar turismo
R$ 5,87
(0,03%)
Euro
R$ 6,13
(0,04%)

Jamef adequa sistemas para atender à Lei Geral da Proteção de Dados

Empresa adotou um projeto corporativo para a implantação de políticas, rotinas e proteções sistêmicas
Por Redação em 8 de abril de 2021 às 11h16

A Jamef Encomendas Urgentes anuncia que com o intuito de proteger os dados dos colaboradores, fornecedores, parceiros e clientes e agir em conformidade com a Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD) – Lei nº 13.709/18 –, sancionada no Brasil em 2018, que delimita o tratamento de informações pessoais de pessoa física, de direito público ou privado, realizou as adequações às medidas necessárias. Para isso, anuncia ainda a chegada de Rodrigo Acerbi para o cargo de coordenador de governança corporativa, responsável pela proteção de dados.

“É fundamental estarmos em conformidade com as leis que regem a proteção de dados, um importante trabalho que envolve a gestão de todos os ciclos, que possibilite estratégias de governança que controlam a coleta, a correta utilização, o compartilhamento e o descarte, garantindo a proteção e confidencialidade de todas as informações”, comenta Acerbi.

Já o coordenador de sistemas da Jamef, Marcelo Pimentel, diz que o projeto LGPD tem o objetivo de garantir que todos esses dados estejam seguros, protegidos contra-ataques cibernéticos e que não estejam vulneráveis.

A partir de um estudo a empresa iniciou um projeto corporativo para a implantação de políticas, rotinas e proteções sistêmicas, a fim de trabalhar de modo alinhado e seguir todos os detalhes da nova lei. Desta forma, todos os sistemas de tecnologia da informação estão sendo adequados para o correto uso e, principalmente, para maior proteção de todos os dados.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar