Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Equipamentos agrícolas produzidos no Brasil são exportados para o Cazaquistão

Exportação de máquinas agrícolas brasileiras movimentou cerca de US$ 12 bilhões no ano passado e representa 20% da receita do setor
Por Redação em 20 de junho de 2023 às 11h33
Equipamentos agrícolas produzidos no Brasil são exportados para o Cazaquistão
Foto: Divulgação/Grupo Allog
Foto: Divulgação/Grupo Allog

Uma recente operação do Grupo Allog transportou para o Cazaquistão, na Ásia, 12 pulverizadores agrícolas fabricados no interior de São Paulo. Os equipamentos, de grandes dimensões, foram transportados em navios roll-on/roll-off (RoRo) e embarcados no Porto de Santos.

Nos últimos 12 meses, o grupo identificou no segmento de cargas projeto um aumento de cerca de 60% na movimentação de máquinas agrícolas para o mercado externo. A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) relatou uma movimentação de US$ 12,185 bilhões na exportação de máquinas agrícolas em 2022, representando mais de 20% da receita total do setor.

Os principais destinos das exportações foram a América do Sul, com US$ 4,481 bilhões e alta de 36,3% ano a ano, e a América do Norte, com US$ 4,071 bilhões. As vendas para o mercado sulamericano foram puxadas pela Argentina, que ampliou em 60,9% suas compras de maquinário brasileiro.

Dificuldades
A exportação de equipamentos agrícolas não se dá sem dificuldades. Por se tratarem de um maquinário autopropelido, os pulverizadores transportados pelo Allog não possuem embalagem ou proteção, fazendo com que a carga esteja a todo tempo exposta.

As grandes dimensões dos equipamentos também exigem conhecimento específico dos operadores logísticos no manuseio e transporte. Devido à altura da carga, o Grupo Allog utilizou uma prancha rebaixada para fazer a coleta do equipamento na planta do exportador e o transporte rodoviário até o porto, uma vez que no trajeto existem viadutos que limitam a altura máxima.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar