Ibovespa
127.625,84 pts
(-0,03%)
Dólar comercial
R$ 5,60
(0,30%)
Dólar turismo
R$ 5,81
(0,28%)
Euro
R$ 6,10
(0,13%)

Coopercarga avança novas fronteiras nos países associados ao Mercosul

Peru e Bolívia somam-se aos destinos internacionais da cooperativa
Por Redação em 10 de julho de 2019 às 11h57 (atualizado às 12h09)
Coopercarga avança novas fronteiras nos países associados ao Mercosul

Atravessar fronteiras já faz parte da atuação da Coopercarga, pois a cooperativa já transporta na Argentina, Paraguai, Chile e Uruguai. Agora a sexta maior e melhor empresa de transporte e logística do Brasil comemora novas conquistas no transporte internacional, com a obtenção do permiso de embarque para países associados ao Mercosul.

Com ele, a Coopercarga pode transportar também do Brasil para o Peru e para a Bolívia, além de transitar na Bolívia.  A cooperativa também está habilitada para transportar na rota entre Argentina, Chile e Peru. Para o transporte internacional a Coopercarga poderá usar as fronteiras do Acre, Mato Grosso do Sul e ainda pela cidade de Tacna, no Peru.

Os trâmites para a conquista do novo permiso demoraram em torno de três meses, um período considerado curto para a efetivação de todo o processo.  De acordo com o diretor da cooperativa para o Mercosul, Walter Soto, a Coopercarga está habilitada para transportar todo o tipo de produtos com baú frigorificado e seco e sider. “O segmento apontado inicialmente é laboratório farmacêutico, sendo esse o primeiro que será transportado. Depois produtos alimentícios, seguidos de matéria-prima para a indústria e produtos acabados”, complementa.

Divulgação

O diretor reforça que a expectativa é iniciar o transporte de imediato nessas rotas e aumentar consideravelmente o número de viagens no decorrer do ano. “Já estamos com estrutura disponível nos dois países para fazer a documentação aduaneira e demais atividades necessárias”, acrescenta Soto.

O avanço e a imponência da Coopercarga como operador logístico são visíveis no mercado. O permiso em novos países associados ao Mercosul confirma isso e projeta a cooperativa para novos avanços. “Nosso propósito é entregar sucesso. Seja no Brasil ou em outros países, trabalhamos para isso. A habilitação para atuar na Bolívia e no Peru faz parte do nosso planejamento e dos nossos planos de expansão. Também é resultado da atuação séria e responsável da Coopercarga com seus parceiros, cooperados, clientes e embarcadores, enfim, todo o nosso público”, afirma o presidente da Coopercarga, Osni Roman.

Há 27 anos a Coopercarga já atua com transporte internacional.  A cooperativa tem permiso para atuação na Argentina, Paraguai, Chile e Uruguai. As novas habilitações proporcionarão à cooperativa a ampliação do atendimento e fortalecerão ainda mais a atuação no Mercosul, expandindo a oferta de soluções logísticas aos clientes. “As projeções de negócios para esse novo cenário são muito positivas e o time está focado para expandir a internacionalização da nossa cooperativa”, completa Roman.

Conteúdo de responsabilidade do patrocinador

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar