Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Argentina registra menor fluxo de caminhões com grãos nos portos em 22 anos

Por outro lado, a bolsa informou que as importações de soja nos primeiros quatro meses do ano atingiram um recorde para o período
Por Redação em 13 de junho de 2023 às 11h02
Argentina registra menor fluxo de caminhões com grãos nos portos em 22 anos
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

O principal porto de grãos da Argentina registrou o menor número de caminhões com soja e milho nos últimos 22 anos, de acordo com a bolsa de grãos de Rosário nesta sexta-feira (9). O resultado é consequência de uma seca histórica que afetou a produção das duas principais safras.

O país é tradicionalmente o maior exportador mundial de óleo de soja e farelo, mas devido aos impactos da seca, vê a sua posição ameaçada pelo Brasil. A Argentina também é o terceiro maior exportador mundial de milho e um importante produtor de trigo.

Segundo a bolsa de grãos de Rosário, aproximadamente 280 mil caminhões com soja e milho entraram no porto no período de março a maio, o que representa menos da metade do número no mesmo período de 2022 e 62% abaixo da média dos últimos cinco anos.

Atualmente, a maioria da produção de grãos da Argentina é transportada por caminhão e cerca de três quartos dela passa pelos portos fluviais de Rosário. Ainda conforme a bolsa, a queda foi mais acentuada para o milho, em parte devido a uma colheita atrasada.

Por outro lado, a bolsa informou que as importações de soja nos primeiros quatro meses do ano atingiram um recorde para o período de mais de 3 milhões de toneladas, como resultado da redução da capacidade ociosa das plantas de esmagamento do país.

A expectativa da bolsa de Rosário para a produção de soja 2022/23 está em 21,5 milhões de toneladas, uma queda de 49% em relação à temporada anterior devido à seca. Para o milho, a previsão é de 32 milhões de toneladas, queda de 37% em relação à temporada anterior.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar