Ibovespa
124.781,74 pts
(-0,44%)
Dólar comercial
R$ 5,28
(1,71%)
Dólar turismo
R$ 5,49
(1,76%)
Euro
R$ 5,59
(1,50%)

Shein e Temu transformam a indústria de carga aérea com envios em massa para os Estados Unidos

O rápido ascenso desses varejistas de moda está mudando o cenário logístico global
Por Redação em 29 de fevereiro de 2024 às 6h49
Shein e Temu transformam a indústria de carga aérea com envios em massa para os Estados Unidos
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

O florescimento de varejistas de moda rápida do comércio eletrônico como Shein e Temu está abalando os alicerces da indústria de carga aérea em todo o mundo, de acordo com um relatório da agência Reuters. Essas empresas competem intensamente por um espaço limitado de carga aérea, enviando conjuntamente quase 600 mil pacotes diariamente para os Estados Unidos, segundo dados do Congresso desse país.

Shein, pertencente ao Grupo PDD, experimentou um crescimento explosivo em suas vendas online, enviando a maioria de seus produtos diretamente das fábricas chinesas para os compradores via aérea. Basile Ricard, diretor de operações da Bolloré Logistics na China, observou que "A maior tendência que afeta o transporte aéreo no momento não é o Mar Vermelho, mas sim as empresas chinesas de comércio eletrônico como Shein ou Temu".

Dados da Cargo Facts Consulting indicam que Temu envia cerca de 4 mil toneladas por dia, enquanto Shein envia 5 mil toneladas, o que equivale a aproximadamente 108 aviões de carga Boeing 777 por dia. O boom do comércio eletrônico transfronteiriço impulsionou a demanda por transporte aéreo, especialmente no setor de moda rápida. A moda rápida, representando um quinto do mercado mundial, ocupou um terço dos aviões de carga de longa distância globais.

No entanto, esse crescimento gerou desafios significativos, como saturação de capacidade e aumento dos custos de transporte. Shein e Temu estão explorando alternativas como transporte marítimo e abertura de armazéns fora da China para otimizar suas operações.

À medida que essas empresas buscam expandir e melhorar a eficiência logística, as companhias aéreas e os transportadores enfrentam o desafio de equilibrar a demanda de carga de moda rápida com outros segmentos do mercado, em um cenário de constante mudança e competição.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar