Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

eSales cria recurso de envio de mensagens por WhatsApp em solução que monitora entregas

Os consumidores agora poderão acompanhar de perto o andamento de seus pedidos
Por Redação em 30 de junho de 2023 às 9h53
eSales cria recurso de envio de mensagens por WhatsApp em solução que monitora entregas
Foto: Divulgação/eSales
Foto: Divulgação/eSales

A eSales anunciou a ampliação de recursos da plataforma de monitoramento de entregas, o TMS Entregou. A solução passa a contar com um serviço de mensageria por WhatsApp que também pode ser contratado. Com isso, os consumidores poderão acompanhar de perto o andamento de seus pedidos.

"A solução já possui formas de notificar os clientes (sejam eles B2B ou B2C) por meio de link de consulta pública ou e-mail. No entanto, especialmente quando se fala de consumidor final, o cliente quer feedback imediato, 'pediu, levou'. E para fazer essa conexão de forma simples e assertiva, criamos o novo recurso", explica a Líder de Marketing, Bruna Peixoto.

A eSales explica que o serviço de mensageria faz parte do módulo Tracking da plataforma e permite que as empresas disparem mensagens personalizadas para seus clientes, informando o andamento do pedido desde a emissão da nota fiscal até a chegada do produto em sua residência ou trabalho. Isso permite manter os consumidores informados em tempo real sobre o status de seus pedidos, otimizar as atividades dentro da companhia e, ainda, melhorar a experiência do cliente.

As mensagens são customizadas conforme as etapas de entrega e trazem detalhes que também estreitam relações. "No conteúdo podemos incluir o status do pedido, nome do cliente, número da nota, link do XML, e até mesmo emojis, para deixar a mensagem mais humanizada e personalizada", detalha Bruna. O serviço, que surgiu a partir da demanda de uma empresa, já está sendo utilizado por organizações dos mais diferentes ramos, como suplementos alimentares, calçados, equipamentos eletrônicos e outros. Atualmente, são disparadas mensagens de rastreio de mais de 150 mil pedidos por mês.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar