Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Mercado de trabalho em logística: Mercado Livre gera 27 novos empregos por hora na América Latina

Estudo 'Impactos que Importam' revela crescimento do ecossistema Mercado Livre, impulsionando empregos e transformação digital.
Por Redação em 13 de dezembro de 2023 às 11h10
Mercado de trabalho em logística: Mercado Livre gera 27 novos empregos por hora na América Latina
Foto: Divulgação/Mercado Livre
Foto: Divulgação/Mercado Livre

O Mercado Livre, gigante do comércio eletrônico, tem provocado um impacto expressivo na geração de empregos na América Latina, de acordo com o estudo inédito "Impactos que Importam", conduzido em parceria com a Euromonitor Internacional. Os resultados, provenientes da análise completa do ano de 2022, mostram que a empresa gerou 27 novos empregos por hora em toda a região, sendo 25 desses empregos exclusivamente no Brasil.

Ecossistema Mercado Livre: Motor de empregos e renda
O ecossistema formado pelo grupo Mercado Livre já se estabeleceu como a principal fonte de renda para mais de 1,8 milhão de famílias na América Latina, graças às mais de 574 mil micro e pequenas empresas que operam diariamente em seu marketplace. O estudo destaca que, em comparação com 2020, o número de empreendedores na região cresceu 11%, contribuindo para a criação de 234 mil novos postos de trabalho. Além disso, mais da metade (51%) dos empreendedores analisados nesta edição tiveram seu primeiro acesso a crédito.

Transformação digital e inclusão financeira

O estudo revela que 40% dos vendedores geram mais da metade de sua renda por meio da plataforma, enquanto 60% realizam suas vendas exclusivamente por comércio eletrônico. Notavelmente, 9 em cada 10 conseguiram expandir para além de suas cidades de origem. O perfil dos negócios também chama a atenção, com mais de 73% das micro e pequenas empresas sendo familiares, e 1 em cada 5 delas sendo liderada por mulheres.

Impacto social e econômico na América Latina
Durante o ano passado, um terço das micro e pequenas empresas incorporou tecnologias para manter ou aumentar o número de funcionários na região. Empregadores associados às atividades da plataforma na América Latina atingiram uma média de 2,3 milhões de trabalhadores. Mais de 1 em cada 4 empresas que vendem no Mercado Livre gera entre 51% e 99% de sua receita através da plataforma, enquanto mais de 7% dependem exclusivamente do ecossistema da empresa.

Brasil lidera crescimento na América Latina
O Brasil se destaca no estudo, apresentando o melhor histórico de crescimento. 93,2% das micro e pequenas empresas com faturamento entre R$ 30 mil e R$ 300 mil mensais conseguiram expandir para fora de suas cidades de origem através da plataforma, sendo que 7% delas operam em mais de um país.

A cadeia expandida de operações logísticas que atende o Mercado Livre nos países onde opera gerou mais de 12 mil empregos, resultando em um aumento de 8,4% nos empregos diretos e indiretos vinculados à plataforma nos últimos dois anos na América Latina.

 

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar