Ibovespa
127.277,85 pts
(-0,37%)
Dólar comercial
R$ 5,12
(0,29%)
Dólar turismo
R$ 5,33
(0,14%)
Euro
R$ 5,56
(0,20%)

Vendas de veículos comerciais na Colômbia e Argentina registram queda em abril; Chile apresenta reação

Mercado argentino teve retração de 12,5% no mês passado
Por Redação em 10 de maio de 2024 às 8h00
Vendas de veículos comerciais na Colômbia e Argentina registram queda em abril; Chile apresenta reação
Foto: Reprodução/Pixabay
Foto: Reprodução/Pixabay

No mês de abril, as vendas de veículos comerciais pesados na Colômbia apresentaram nova queda, desta vez de 36,5%, totalizando 3.378 veículos (caminhões e ônibus), comparado com as 5.322 unidades vendidas no primeiro quadrimestre de 2023. Em caminhões, a queda foi de 34,4%, com 2.890 unidades, em comparação com as 4.405 do mesmo período anterior. Já no segmento de transporte de passageiros, a retração foi de 46,8%, com a venda de 488 unidades, quase a metade das 917 comercializadas entre janeiro e abril do ano passado.

Na Argentina, o mercado registrou a venda de 973 veículos comerciais pesados em abril, uma queda de 12,5% em relação às 1.112 unidades comercializadas no mesmo mês de 2023. No entanto, o desempenho foi 36,5% superior ao registrado em março, quando foram vendidas 713 unidades. No acumulado do ano, o mercado argentino fechou o quadrimestre com 3.464 unidades, 26,1% abaixo das 4.686 vendidas no mesmo período de 2023.

A Mercedes-Benz liderou as vendas em abril, com 464 unidades, representando 47,7% de participação, seguida pela IVECO, com 272 veículos (28,0%), e Volkswagen, com 74 unidades (7,6%).

No Chile, as vendas de caminhões fecharam o mês de abril com a venda de 1.032 veículos, um crescimento de 13,7% em relação às 908 unidades vendidas no mesmo período de 2023. Já em ônibus, foram licenciadas 150 unidades, uma queda de 46,6% comparado com as 280 vendidas no mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, o segmento de caminhões teve um total de 3.767 veículos, 6,8% abaixo dos 4.048 faturados no mesmo período de 2023. Enquanto o setor de ônibus apresentou uma retração de 44,4%, com 721 unidades contra 1.297 de janeiro a abril de 2023.

A Mercedes-Benz liderou as vendas de caminhões em abril, com 146 unidades (14,1% do mercado), seguida pela Volvo, com 122 veículos (11,8%), e pela Chevrolet, com 93 caminhões (9,0% de participação). Em ônibus, a Yutong foi a marca mais vendida do mês, com 41 unidades, correspondendo a 27,3% de participação, seguida pela Mercedes-Benz, com 30 veículos (20,0%), e pela Volvo, com 23 unidades (15,3%).

No mercado argentino, a Volare, marca da Marcopolo, surpreendeu ao ficar na quinta posição entre as mais vendidas no mês, com 10 veículos, à frente da Scania, com 8 unidades, e diversos fabricantes asiáticos.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar