Ibovespa
129.418,65 pts
(0,23%)
Dólar comercial
R$ 5,47
(0,72%)
Dólar turismo
R$ 5,67
(0,59%)
Euro
R$ 5,98
(1,00%)

DHL Supply Chain consolida centro logístico para bebidas em Extrema (MG)

Operação centralizada oferece eficiência e colaboração estratégica
Por Redação em 24 de junho de 2024 às 7h47
DHL Supply Chain consolida centro logístico para bebidas em Extrema (MG)
Foto: Divulgação/DHL Supply Chain
Foto: Divulgação/DHL Supply Chain

A DHL Supply Chain implementou um projeto inovador em Extrema, Sul de Minas Gerais, para otimizar a logística no competitivo mercado de bebidas. Conhecido como Drink Town, o centro logístico concentra as operações de quatro clientes, incluindo concorrentes, em um único armazém, capturando sinergias significativas e compartilhando custos operacionais.

A área de mais de 15 mil m² gerida pela DHL Supply Chain armazena um estoque médio de 7,6 milhões de garrafas de 420 marcas diferentes de bebidas destiladas como Whisky, Rum, Gin, Vodka, Cachaça, Aperitivos, Conhaque, Espumante e Tequila. O centro despacha aproximadamente 600 mil caixas por mês para destinos em todo o Brasil.

"O Drink Town representa uma inovação em eficiência logística ao consolidar volumes significativos de bebidas destiladas sob nossa gestão no Brasil. Este modelo beneficia os clientes ao compartilhar custos de imóveis, sistemas, estruturas de armazenamento e até mesmo serviços essenciais como energia, água e segurança, mantendo total confidencialidade entre eles", explicou Marcelo Linhares, Diretor de Operações da DHL Supply Chain.

Entre os clientes beneficiados pelo Drink Town está a Pernod Ricard, um dos maiores produtores mundiais de vinhos e bebidas destiladas. Marcelo Godoy, Head de Supply Chain da Pernod Ricard, destacou que "o projeto não apenas otimiza custos através da consolidação e sinergia logística, mas também fortalece nossa capacidade de reação e flexibilidade frente às flutuações de mercado, proporcionando uma vantagem competitiva significativa."

Além da eficiência operacional, o modelo colaborativo do Drink Town permite uma resposta ágil a picos sazonais de demanda. Embora a alta temporada do mercado seja de outubro a dezembro, com cerca de 50% da movimentação anual concentrada nesse período, eventos promocionais ou sazonais podem resultar em aumentos repentinos na demanda.

"A flexibilidade oferecida pelo Drink Town nos permite realocar recursos de outras operações da região quando há aumento na demanda, garantindo velocidade de resposta e compartilhamento de benefícios entre os clientes. Esta abordagem colaborativa permite que cada empresa se concentre em seu core business, sabendo que a logística está sendo gerida de maneira eficiente ao longo de todo o ano", concluiu Marcelo Linhares.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar