Ibovespa
127.693,11 pts
(-0,05%)
Dólar comercial
R$ 5,11
(0,03%)
Dólar turismo
R$ 5,31
(-0,08%)
Euro
R$ 5,54
(-0,01%)

Norsul e Hapag Lloyd lançam joint venture para transporte de cabotagem de contêineres no Brasil

Início das operações está previsto para o 1º trimestre de 2024
Por Redação em 24 de outubro de 2023 às 9h46
Norsul e Hapag Lloyd lançam joint venture para transporte de cabotagem de contêineres no Brasil
Foto: Divulgação / Norcoast
Foto: Divulgação / Norcoast

A Norsul e a empresa alemã Hapag-Lloyd formaram uma joint venture chamada Norcoast. Com base em uma parceria 50-50, a Norcoast pretende oferecer serviços de cabotagem e feeder de contêineres nos portos brasileiros no primeiro trimestre de 2024. A Norcoast será uma empresa independente no setor, aproveitando a força de ambas as controladoras.

"A criação da Norcoast é um marco importante ao combinar a experiência da Norsul e da Hapag-Lloyd. A Norcoast promoverá maior acesso e capacidade adicional para que mais empresas utilizem a cabotagem de contêiner como meio de transporte, ao mesmo tempo em que estará presente nos maiores portos do Brasil", explica Angelo Baroncini, diretor presidente da Norsul.

"O setor brasileiro de transporte costeiro está em constante crescimento e movimentou mais de 1,2 milhão de TEU em 2022. A Norcoast oferecerá logística integrada, bem como soluções rápidas e eficientes para seus clientes – aproveitando assim a crescente demanda do mercado de cabotagem brasileiro", disse Andrés Kulka, diretor geral América Latina da Hapag-Lloyd.

A nova joint venture será liderada por Gustavo Paschoa, presidente da Norcoast, que traz consigo ampla experiência no setor de transporte e logística brasileiro – incluindo cargos anteriores de gestão sênior na Norsul, Damco, DSV e Penske Logistics.

A Norcoast já foi constituída e a parceria entre Norsul e Hapag-Lloyd também foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), órgão regulador nacional de concorrência do Brasil. O pedido para operar como empresa brasileira de navegação (EBN) também foi aprovado pela Diretoria da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) – abrindo caminho para entrada no mercado de novas opções para os clientes brasileiros.

 

LEIA MAIS:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar