Ibovespa
119.293,49 pts
(-0,35%)
Dólar comercial
R$ 5,42
(0,75%)
Dólar turismo
R$ 5,63
(0,82%)
Euro
R$ 5,82
(1,02%)

Porto Itapoá adquire novos equipamentos

Empilhadeiras serão utilizadas em operações entre navios e o pátio do terminal
Por Redação em 18 de maio de 2022 às 14h50 (atualizado em 20/05/2022 às 20h33)
Porto Itapoá adquire novos equipamentos

O Porto Itapoá (SC) adquiriu duas novas empilhadeiras reach stacker que serão empregadas nas operações no pátio do terminal. O objetivo é potencializar o atendimento entre navio e pátio, complementando as operações com o RTG, guindaste móvel usado em operações dentro de portos para movimentar e empilhar contêineres. 

A intenção é reduzir o tempo das operações em geral e dar suporte para movimentos específicos, como de cargas especiais padrão break bulk. O gerente de operações do Porto Itapoá, Thiago Santos, explica que o truck turn time (TTT, o tempo de espera dos caminhões dentro do porto) deve diminuir com a novidade. “Hoje temos cerca de 1.600 por dia circulando pelo terminal”, diz. 

Os equipamentos da marca Kalmar têm capacidade de levantar 45 toneladas nos spreaders (dispositivo que é acoplado na máquina para levantar os contêineres) e possuem uma série de tecnologias para a segurança do operador. O porto já contava com três equipamentos similares. 

Com a previsão de ampliar sua capacidade de atendimento, o Porto Itapoá vem fazendo investimentos em infraestrutura. Além das empilhadeiras reach stacker, foram adquiridos mais cinco RTGs. O terminal já conta com 17 desses equipamentos, da marca ZPMC, mas os novos serão operados por controle remoto. Itapoá será o primeiro porto do Brasil a contar com essa tecnologia. A entrega das máquinas será em janeiro de 2023. 

Outra importante aquisição são os nove caminhões terminal tractors (TTs), que chegam em julho, além de nove buggies, as carretas dos TTs, que já foram entregues. Os veículos juntam-se à frota de 40 unidades, da marca Rucker, que podem carregar, cada um, 65 toneladas, o equivalente a dois contêineres de 20 pés. 

Com essa nova infraestrutura, o Porto Itapoá estará preparado para a fase final de sua ampliação. Até o fim de 2023, o terminal terá mais 200 mil m² de pátio, totalizando 455 mil m²; um píer de 1.210 m de comprimento, que hoje possui 800 m; e quase o dobro da capacidade de movimentação, chegando a 2 milhões de TEUs por ano.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar