Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

TCP movimenta mais de US$ 2,23 bilhões em carne congelada no 1º quadrimestre de 2023

Terminal registrou um aumento de 28% no volume movimentado em relação ao mesmo período do ano passado
Por Redação em 16 de junho de 2023 às 14h17
TCP movimenta mais de US$ 2,23 bilhões em carne congelada no 1º quadrimestre de 2023
Foto: Divulgação/TCP
Foto: Divulgação/TCP

O Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) registrou uma movimentação de mais de US$ 2,23 bilhões de carne congelada para exportação no primeiro quadrimestre do ano. Os dados são do sistema de estatísticas Comex Stat e revelam um crescimento de 44% em comparação ao mesmo período de 2022.

Com movimentação de 38.235 contêineres no período, a carne congelada é a principal commodity de exportação da TCP. O número é 28% maior em relação aos quatro primeiros meses do ano passado. Deste total, a carne de frango corresponde a 80% da carga movimentada. O principal destino é a Ásia, responsável pela compra de 66% do volume total.

"Estamos fazendo grandes investimentos na área reefer para suprir a crescente demanda do mercado. Até o final de 2023, o número de tomadas do pátio passará de 3.572 para 5.126, o que representa um aumento de 43% na capacidade de armazenamento desse tipo de carga. Também construímos uma subestação de energia para sustentar a expansão", diz o gerente comercial, de logística e de atendimento ao cliente da TCP, Giovanni Guidolim.

A flexibilidade para receber antecipadamente o embarque de volumes reefer para exportação tem se apresentado como outra vantagem do terminal. Um dos estados beneficiados com a medida foi o Mato Grosso, maior produtor de carne bovina para exportação pelo Paraná (35%). Esta flexibilidade estimulou um crescimento de 137% na movimentação de carne bovina no primeiro quadrimestre deste ano na TCP.

A expectativa para os próximos meses é de crescimento, principalmente em relação à carne de boi. Segundo Giovanni, "com a habilitação de diversos frigoríficos para exportarem carne bovina para a China e o fim do embargo chinês para este tipo de carne, a expectativa é que aumente ainda mais a demanda pela proteína".

Tags tcp portos
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar