Ibovespa
127.625,84 pts
(-0,03%)
Dólar comercial
R$ 5,60
(0,30%)
Dólar turismo
R$ 5,81
(0,28%)
Euro
R$ 6,10
(0,13%)

Recorde de produtividade na Portonave

Terminal realizou, na última terça-feira, 65,8 movimentos por hora
Por Redação em 2 de junho de 2014 às 16h26

A Portonave – Terminais Portuários de Navegantes bateu, na última terça-feira, 26 de maio, durante a operação do navio MSC Adelaide, o recorde de produtividade por equipamento. Na operação do guindaste portêiner (STS, sigla para ship to shore) foram feitos 65,8 movimentos por hora (mph). Em março, o terminal já havia batido o próprio recorde de produtividade por equipamento, com 58,4 mph no navio Hanjin Boston.

Segundo o diretor-superintendente operacional da Portonave, Renê Duarte, a nova marca é fruto de um processo contínuo de melhoria de produtividade que a companhia busca e do trabalho competente da equipe. “Procuramos desenvolver nosso trabalho da melhor forma possível, investimos em bons equipamentos, em treinamento e qualificação dos nossos colaboradores”, diz.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar