Ibovespa
124.305,57 pts
(-0,34%)
Dólar comercial
R$ 5,17
(0,27%)
Dólar turismo
R$ 5,37
(0,22%)
Euro
R$ 5,61
(0,64%)

Wilson Sons é selecionada como novo membro do TIC 4.0

Comitê coordena a implementação da quarta revolução industrial no setor de movimentação de cargas
Por Redação em 20 de setembro de 2022 às 10h18
Wilson Sons é selecionada como novo membro do TIC 4.0

A Wilson Sons informa que foi selecionada e aprovada como novo membro do TIC 4.0 (Terminal Industry Committee), que coordena a implementação da quarta revolução industrial no setor de movimentação de cargas. A empresa garante que é a primeira da América Latina a ingressar no TIC 4.0, que reúne players globais tanto da indústria de operadores de terminais quanto de fabricantes e fornecedores de equipamentos e tecnologia de ponta portuários.

O TIC 4.0 é um comitê internacional para as empresas fomentarem novos saltos tecnológicos, em grande escala, criando padrões em bloco de automação, comunicação de dados e informações eletrônicas nos portos. Com a automação e a digitalização, a adoção de novas tecnologias reduz o trabalho manual e, assim, aumenta a eficiência operacional e a produtividade das companhias.

A Wilson Sons, por meio da sua unidade de negócio Tecon Rio Grande (RS), foi convidada, em novembro do ano passado. “Após o convite, realizamos um processo de avaliação, e a companhia foi aprovada em reunião do Conselho do TIC 4.0, sendo o ingresso formalizado como novo membro em julho”, explica o, gerente de Desenvolvimento de Sistemas do Tecon Rio Grande, Giovanni Phonlor.

Já o COO da Wilson Sons, Arnaldo Calbucci, ressalta que a inovação e a adoção de novas tecnologias fazem parte do DNA da Wilson Sons. “A escolha da companhia pelo TIC 4.0, como o seu primeiro membro na América Latina, reflete nossa visão de futuro, sempre buscando agregar valor à companhia, com operações ainda mais eficientes e sustentáveis. Com novas soluções voltadas para a transição digital, vamos superar os desafios do setor, desenvolvendo o transporte marítimo e criando um futuro melhor.”

Ações

A companhia informa que esteve presente na mais recente reunião do Conselho do TIC 4.0, em 15 setembro, na Finlândia. O objetivo da reunião, que foi realizada de forma presencial e virtual, foi definir novos padrões e os próximos saltos de tecnologia para terminais de contêineres. O TIC 4.0 vem avançando na padronização tecnológica. No ano passado, por exemplo, houve a publicação dos padrões e conceitos de atividade de equipamentos de manuseio de contêineres e fontes de energia. Já este ano foi estabelecido o modelo de dados e definições de padrões de troca de informações de operações (TOS) e equipamentos de movimentação de contêineres (CHE) para terminais.

“A padronização das novas tecnologias é essencial para a inovação se disseminar no setor e, assim, as companhias darem novos saltos de eficiência”, afirma Calbucci.

Além da presença das companhias players globais como membros do Comitê, o TIC 4.0 é endossado pela Federação das Empresas e Terminais Portuários Privados Europeus (Feport) e pela Associação dos Fabricantes de Equipamentos Portuários (Pema).

A empresa lembra que os terminais de contêineres da Wilson Sons –  Tecon Rio Grande e Tecon Salvador – estão fazendo novos investimentos em automação e digitalização. Entre as inovações implementadas nos terminais estão a automação e digitalização de sistemas e processos operacionais e automação de gates nos terminais (para atendimento de caminhões).

O terminal gaúcho é operado pela Wilson Sons há 25 anos, conectando o Sul do país com o mundo e operando as principais linhas marítimas que escalam o Brasil. Desde 1997, são mais de US$ 275 milhões em investimentos em infraestrutura, equipamentos, treinamento e tecnologia.

Desde 2000, o Tecon Salvador, unidade de negócios localizada no porto da capital baiana, já recebeu, calcula a empresa, mais de R$ 900 milhões em investimentos, sendo R$ 443 milhões apenas nos últimos dois anos. Com a recente ampliação do berço de atracação, que passou de 377 metros para 800 m, o terminal pode receber, simultaneamente, dois navios New Panamax.

Cubo Maritime & Port

A Wilson Sons anuncia que, reafirmando o seu compromisso com novas soluções e o incentivo ao empreendedorismo tecnológico, lançou em julho o primeiro hub de inovação marítimo e portuário da América Latina, o Cubo Maritime & Port, para tornar as operações mais eficientes, seguras e sustentáveis. A iniciativa integra diversas pontas do ecossistema para acelerar a inovação e fomentar startups da indústria. O hub já conta com 12 startups, desenvolvendo soluções de grande impacto para ampliar a eficiência do transporte aquaviário e adaptar o setor à economia de baixo carbono.

A Wilson Sons, que está no Novo Mercado da B3 reiterou também o compromisso com a sustentabilidade ao iniciar este ano a operação do primeiro, de uma série de seis novos rebocadores, elaborado com novo design de casco. O WS Centaurus reduz em até 14% a emissão de gás de efeito estufa devido à sua hidrodinâmica eficiente. E o Tecon Salvador contratou a aquisição de 12 tratores de pátio totalmente elétricos, o que contribuirá para a redução das emissões de carbono.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar