Ibovespa
122.550,56 pts
(1,00%)
Dólar comercial
R$ 5,39
(-0,95%)
Dólar turismo
R$ 5,60
(-1,09%)
Euro
R$ 5,79
(-0,55%)

Fedex divulga Relatório de Impacto Econômico Global

Material mostra o papel da empresa nas economias em todo o mundo, com análises regionais e específicas do mercado
Por Redação em 5 de dezembro de 2022 às 11h31

A Fedex apresenta ao mercado a segunda edição de seu Relatório de Impacto Econômico Global. O material mostra o papel da empresa nas economias em todo o mundo, com análises regionais e específicas do mercado no período de junho de 2021 a maio de 2022, ano fiscal 22 da companhia.

A empresa revela que o estudo foi produzido em conjunto com a consultoria Dun & Bradstreet , fornecedora de dados e análises para decisões de negócios. Nos últimos 49 anos, a Fedex afirma que expandiu seus serviços para mais de 220 países e territórios e investiu em uma rede ao redor do mundo que permite que empresas de todos os tamanhos contribuam para a economia global.

O relatório destaca o papel da Fedex em ajudar empresas a se recuperarem da pandemia, ao mesmo tempo em que elas superavam a tensão nas cadeias de suprimentos e desafios econômicos. Com quase 550 mil funcionários em todo o mundo, a companhia informa que movimentou uma média de 16 milhões de pacotes por dia em suas 5 mil unidades durante o ano fiscal de 2022.

Leia mais: FedEx Express lança comprovante de entregas por meio de fotos

Segundo a empresa, a otimização da rede e os seus investimentos melhoraram a eficiência e a capacidade de seus clientes.

“Em todo o mundo, a Fedex ajudou pessoas, empresas e comunidades a saírem da pandemia transportando mercadorias e oferecendo serviços que nos conectam e impulsionam a economia global. O relatório ilustra o trabalho contínuo e importante que fazemos todos os dias, incluindo o apoio a pequenas e médias empresas, que são a espinha dorsal de nossas comunidades locais. Chamamos isso de 'Efeito Fedex'”, diz o presidente e CEO da Fedex Corporation, Raj Subramaniam.

Ações 

A empresa ressalta que desempenha um papel importante no incentivo à inovação, na criação e no apoio a empregos locais, além de ajudar a promover pessoas e suas comunidades regionalmente e nos principais mercados do mundo.  

A Fedex salienta que trabalhou com 360 mil fornecedores em todo o mundo, que empregaram mais de 16,5 milhões de pessoas. Esses fornecedores –  muitos pequenas empresas – criaram uma atividade econômica em seus mercados locais ou regionais e tiveram, ao todo, uma receita anual de US$ 700 milhões.

Já a atividade econômica global da Fedex gerou 193 mil empregos, além da base global de funcionários da empresa, no ano fiscal de 2022, sendo 20 mil empregos a mais do que no ano fiscal de 2021.

As pequenas empresas representaram 88% da cadeia de suprimentos da Fedex. Além disso, mais da metade dos investimentos no ecossistema da companhia em cada região foram direcionados a elas, que, juntas, deram suporte a cerca de 810 mil empregos no mundo todo. A Fedex afirma ainda que possui o compromisso de investir em PMEs por meio de programas de incentivo e treinamentos realizados em países da Europa, América do Norte e América Latina, incluindo o Brasil.

Leia mais: Fedex adquire novo sorter para o centro logístico de Cajamar

A Fedex calcula que investiu US$ 53 bilhões em todo o seu ecossistema global nos três primeiros trimestres do ano fiscal de 2022. No ano fiscal de 2022, investiu, aponstaa, US$ 6,8 bilhões – um aumento de 15% em relação ao ano fiscal 2021 – em melhorias nas instalações, infraestrutura e otimização de rede, que se correlacionaram com o crescimento econômico direto nos respectivos mercados.

América Latina e Caribe

A Fedex divulga quue atende a mais de 50 países e territórios na região da América Latina e Caribe (LAC). Em 2022, concluiu uma expansão em seu hub de LAC no Aeroporto Internacional de Miami, no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Na região, emprega mais de 24 mil funcionários e investiu mais de US$ 106 milhões em suas instalações operacionais nos últimos cinco anos. Além disso, as operações da empresa na América do Norte e do Sul geraram quase 85 mil empregos fora de sua força de trabalho e aproximadamente US$ 12 bilhões de produção econômica indireta.

“Nossa presença crescente no Chile, a expansão de nosso hub no Aeroporto Internacional de Miami e os compromissos econômicos no Brasil e no México ajudam nossos clientes da região, grandes e pequenos, a se conectarem com o resto do mundo com mais facilidade. À medida que a região cresce, a FedEx expande sua rede e gera novas oportunidades de emprego. No Brasil, por exemplo, temos realizado investimentos contínuos em infraestrutura, renovação da frota e modernização das instalações”, ressalta o presidente da Fedex Express América Latina e Caribe, Luiz Vasconcelos.

Impacto

A empresa afirma que o relatório também mostra como a Fedex contribui para as comunidades onde seus colaboradores vivem e trabalham por meio de ações de responsabilidade social e esforços diretos para proporcionar um futuro mais sustentável. No ano fiscal de 2022, a empresa revela que doou mais de US$ 86 milhões para instituições de caridade e organizações sem fins lucrativos onde atua.  

No Brasil, a companhia possui, por exemplo, o Programa de Reciclagem de Uniformes, que faz parte do Fedex Cares, iniciativa global de engajamento comunitário da empresa. Por meio dele, a companhia transforma uniformes antigos em cobertores que são doados, todos os anos, para instituições voltadas a pessoas em situação de vulnerabilidade social e animais para adoção.  

Leia mais: Fedex anuncia vencedores da 6ª edição de seu programa para MPEs no Brasil 

A empresa também garante que serviu como um canal importante para entregas e doações de alimentos e ajuda a locais como Ucrânia e Xangai. Além disso, está comprometida em conectar o mundo com responsabilidade, por meio de sua meta de operações neutras em carbono até 2040 e investimentos na busca de energia renovável para alimentar suas operações.

Um exemplo são as motos elétricas que atualmente entregam pacotes em cidades ao redor do mundo, como Amsterdã, Londres, Frankfurt, Paris, Milão, Madri, Toronto, Cidade do México, Colômbia, Chile, Recife, Brasília e Bahamas.
 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar