Ibovespa
130.031,58 pts
(0,09%)
Dólar comercial
R$ 4,94
(0,13%)
Dólar turismo
R$ 5,14
(0,12%)
Euro
R$ 5,34
(0,22%)

Tópico reduz em 74% o consumo de CO² com programa inédito de reuso de lonas em galpões

Iniciativa também diminui em 66% a utilização de derivados plásticos
Por Redação em 20 de março de 2023 às 9h16 (atualizado às 9h17)
Tópico reduz em 74% o consumo de CO² com programa inédito de reuso de lonas em galpões

A Tópico anunciou a criação do Programa Lona de Impacto Menor (PLIM) com o objetivo de conscientizar os compradores sobre o reuso do material. De acordo com a empresa, a reutilização pode ajudar os empreendimentos do setor logístico, entre outras indústrias, a reduzirem suas emissões: a cada lona compartilhada há queda de 66% na utilização de derivados plásticos e 74% menos consumo de CO², em relação à fabricação de uma nova. A partir deste mês, os galpões Tópico poderão ser identificados com a tag do PLIM.

Galpões construídos com lona e aço possuem valor agregado da reutilização e têm a vantagem de gerar zero resíduo durante sua montagem. Uma mesma lona é capaz de abrigar produtos diversos e ser reutilizada, em média, em três aplicações antes de ser destinada à reciclagem. Atualmente, segundo o diretor Comercial e de Marketing da Tópico, Sérgio Gallucci, a companhia tem mais de 2,5 milhões de m² instalados em todo país, que atendem diferentes tipos de negócios em setores econômicos estratégicos, do agronegócio a indústrias.

"Imagine fabricar lonas novas a cada projeto? Inviável. O grande diferencial desse material é gerar economia circular, e o fato dele poder ser compartilhado várias vezes, sem perda de qualidade e reduzindo impactos ambientais. O PLIM é uma iniciativa que consolida estes diferenciais para o mercado e certifica que as empresas que contam com nossas lonas também estão contribuindo para o meio ambiente", explica Gallucci.

LEIA TAMBÉM: Governo de SP assina contrato para retomada das obras de ampliação do canal Nova Avanhandava

Reflorestamento
A empresa, única do segmento a integrar o Pacto Global da ONU, também possui um programa de gerenciamento de resíduos para medir a quantidade de produtos (aço, ferro e lonas) encaminhados à reciclagem, e a medição e captura de partículas de fuligem da solda, que ficam suspensas no ar, para que sejam descartadas corretamente por uma entidade certificada pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

Outra iniciativa da empresa é a 'Floresta Tópico'. Um projeto realizado em parceria com a organização Iniciativa Verde, que prevê a plantação de árvores a cada novo contrato de locação que a empresa fecha com seus clientes. Mais de 3 mil brotos doados já reflorestaram mais de 14 mil metros quadrados de área, o equivalente a dois campos de futebol de tamanho oficial.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar