Ibovespa
129.418,73 pts
(-0,63%)
Dólar comercial
R$ 4,99
(0,80%)
Dólar turismo
R$ 5,18
(0,71%)
Euro
R$ 5,40
(0,80%)

Galderma inicia implementação de frota de carros elétricos no Brasil

Empresa começa a operar com 15 veículos na primeira fase do projeto
Por Redação em 25 de julho de 2023 às 6h44
Galderma inicia implementação de frota de carros elétricos no Brasil
Foto: Divulgação/Galderma
Foto: Divulgação/Galderma

A Galderma, especialista em soluções para cuidados com a pele, anunciou o início da implementação da frota de veículos elétricos no Brasil. O país é o primeiro da América Latina a realizar entregas dos produtos da companhia utilizando este modelo de veículo.

Entendemos nosso papel no contexto ambiental, social e de governança empresarial e estamos trabalhando para promover um desenvolvimento sustentável dos nossos negócios. Os carros elétricos são mais um passo importante para mostrarmos, na prática, que é possível planejarmos uma logística que privilegie fontes alternativas aos combustíveis fósseis, contribuindo para o movimento de transição para uma economia de baixo carbono", afirma Rogério Oliveira, gerente de Logística e Customer Service da Galderma.

Nesta primeira etapa do projeto, que está sendo implementada em conjunto com a transportadora ExpertLog, a companhia irá operar uma frota composta por 15 carros elétricos. Em comum, todos os veículos atuam na chamada "last mile", trajeto entre o centro logístico e o destino final dos produtos, que irão circular por capitais do Sul, Nordeste, Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste do país. A meta, segundo a empresa, é ter 100% veículos elétricos circulando até 2024 para a entrega de produtos de estética, e para os produtos de RX e OTX a medida em que houver infraestrutura nas estradas.

Com a medida, a Galderma estima uma redução de 1.050 toneladas na emissão de CO² no Brasil em um ano. Atualmente, a frota percorre centenas de 1.4 milhão quilômetros no período. "A mudança ocorre de maneira gradativa. O que estamos fazendo hoje é dar um primeiro passo rumo a este novo caminho, que nos permitirá entregar nossos produtos de maneira consciente para os nossos consumidores, de ponta a ponta", finaliza Oliveira.

Após essa fase no Brasil, a empresa já estuda a possibilidade de ampliar a iniciativa para os demais países da América Latina, como Colômbia, México, Chile e Argentina.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar