Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Ataque dos piratas dos rios: Mais de 780 mil litros de combustíveis foram roubados no Norte em 2023

Prejuízos ultrapassam R$ 100 milhões anualmente
Por Redação em 27 de novembro de 2023 às 11h01
Ataque dos piratas dos rios: Mais de 780 mil litros de combustíveis foram roubados no Norte em 2023
Foto: Reprodução/Freepik
Foto: Reprodução/Freepik

Na última semana, a região de Itacoatiara, em Manaus (AM), foi palco de mais um ataque dos piratas dos rios, resultando no assalto a uma balsa que transportava 250 mil litros de combustível. O Instituto Combustível Legal (ICL) revela que, somente este ano, mais de 780 mil litros de combustíveis foram roubados em ações desse tipo na região Norte do país.

O perigo constante na navegabilidade da região levou o ICL a desenvolver iniciativas para combater essa prática criminosa. Nesta sexta-feira (24), o diretor do ICL será mediador do painel "Fiscalização no setor de combustíveis" durante o XVIII Encontro de Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniência do Norte do Brasil, no Diamond Convention Center, em Tarumá, Manaus.

O painel contará com representantes de importantes órgãos, como ANP, Procon, Sefaz, Semmas e Inmetro, visando discutir estratégias de fiscalização e combate aos crimes relacionados ao setor de combustíveis na região. O ICL reforçará durante o evento uma pauta já apresentada no evento "Segurança nas Hidrovias do Norte" em Brasília, no qual busca maior integração entre instituições públicas federais e estaduais, visando combater o crime organizado, evasão fiscal e práticas que prejudicam diretamente o consumidor, como adulteração de combustível e de bombas medidoras.

Faccio, diretor do ICL, destaca a importância desse esforço conjunto para coibir práticas que prejudicam a sociedade e ressalta que as irregularidades no setor de combustíveis afetam a todos. A cooperação entre as instituições busca facilitar a troca de informações e aprimorar a orientação das ações de combate ao crime.

Roubos nas hidrovias do Norte: Desafios e prejuízos milionários
O setor enfrenta o desafio dos constantes roubos nas hidrovias do Norte, causando prejuízos que ultrapassam os R$ 100 milhões anualmente. Os grupos criminosos abordam as balsas, drenam os tanques e levam o combustível roubado para as cidades ribeirinhas, utilizando-o em ações ilegais, como abastecimento de veículos e até mesmo aviões utilizados no transporte aéreo de drogas.

Faccio apresentará a ferramenta "Denuncie", desenvolvida pelo ICL, que orienta os consumidores sobre fraudes no setor e permite o envio de denúncias aos órgãos de fiscalização, contribuindo para combater práticas ilícitas e proteger os consumidores. O transporte aquaviário, que carece de uma polícia dedicada à fiscalização, segundo a organização, será um dos pontos de discussão para garantir maior segurança nas hidrovias do Norte.


LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar