Ibovespa
124.305,57 pts
(-0,34%)
Dólar comercial
R$ 5,17
(0,27%)
Dólar turismo
R$ 5,37
(0,22%)
Euro
R$ 5,61
(0,64%)

Moove contribui para redução de emissão de CO2 em locomotivas da Rumo

Estudo garantiu menor consumo de lubrificantes e menos intervenções humanas nas máquinas
Por Redação em 7 de dezembro de 2022 às 13h30

A Moove, empresa global de lubrificantes e óleos básicos, responsável por fabricar e comercializar os lubrificantes Mobil no Brasil, promoveu, dentro da operadora de logística ferroviária Rumoum estudo que garantiu redução de mais de 1.500 toneladas de emissão de CO2 por ano.

A iniciativa levou à diminuição do uso de óleo lubrificante na frota ferroviária da Rumo. Foram 556.443 litros de lubrificantes que deixaram de ser consumidos pela companhia entre maio de 2021 e abril de 2022, mantendo a eficiência da frota, sem desgaste dos motores e gerando uma economia de cerca de R$ 5,9 milhões para a Rumo.

Leia mais: Rumo apresenta locomotiva homenageando a Estrada de Ferro Araraquara

Os lubrificantes até então utilizados nas operações de ferrovias no Brasil eram do tipo monoviscoso, de uma geração tecnológica da década de 1980. Os especialistas da Moove sugeriram a realização de um teste, trocando para o Mobil Diol 9 RF 20W-40, um lubrificante multiviscoso, com o objetivo de reduzir o consumo de lubrificante e de combustível.

Inicialmente, foi realizado um estudo com 18 locomotivas novas da Rumo. Dessas, metade permaneceu utilizando o óleo da geração antiga e a outra metade passou a utilizar o novo lubrificante. Em determinado momento houve uma troca. A economia se comprovou nos dois momentos, obtendo uma redução de 42% no consumo de lubrificante de reposição e estatisticamente ficou comprovada a redução de 1% no consumo de combustível.

Posteriormente, toda a frota norte da Rumo, que conta com quase 500 locomotivas, passou a utilizar o lubrificante multiviscoso. Nesse momento, o desempenho do novo lubrificante passou a ser avaliado na frota inteira e não somente em máquinas novas e foi comprovada uma redução de 46% no consumo de lubrificante de reposição.

Fabio Afonso, gerente executivo Industrial da Moove, destaca que existem dois tipos de consumo de lubrificantes nas máquinas. “O primeiro deles é a troca, quando você esgota o óleo usado para colocar o novo. Esse processo acontece em função do tempo, do fim da vida útil do lubrificante ou numa eventual contaminação do óleo. O segundo é a reposição do óleo que vai sendo consumido durante a operação. O nível vai baixando e é feita a reposição do lubrificante”, explica. 

Leia mais: Rumo e prefeitura de Jales inauguram novo viaduto

Ele destaca ainda que foram acompanhadas outras informações, como os dados de proteção do motor. “O lubrificante era analisado de tempos em tempos e ficou comprovado que a tecnologia do lubrificante Mobil Diol 9 RF 20W-40, com menor consumo, seguiu protegendo os motores da mesma forma que o óleo antigo. Portanto, não foi prejudicada a condição de proteção dos motores”, complementa, destacando ainda que outro impacto positivo gerado pelo estudo foi a redução da interação humana com o equipamento. “Reduzindo a quantidade de vezes que os colaboradores precisam ir até um motor para fazer a operação de reposição de nível, evitamos mais de 3.000 intervenções humanas na máquina”. 

Segundo o diretor de Material Rodante da Rumo, Marcus Jorge, a iniciativa é pioneira no país. “A Rumo é a primeira concessionária ferroviária do Brasil a utilizar um óleo multiviscoso em larga escala e com sucesso. É um pioneirismo no setor ferroviário”, afirma. 

Todos os testes em campo foram feitos pela equipe de engenharia da Rumo, que atuou em conjunto com os engenheiros da Moove. O novo óleo também exige menos manutenção nos motores das locomotivas, pois tem melhor nível de lubrificação que os óleos anteriormente usados. Durante o período de testes foram feitas 990 análises do novo óleo.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar