Ibovespa
119.662,38 pts
(0,08%)
Dólar comercial
R$ 5,38
(0,28%)
Dólar turismo
R$ 5,58
(0,03%)
Euro
R$ 5,76
(-0,05%)

Porto Sudeste realiza primeira operação double banking

Atividade envolveu a transferência de óleo cru entre navios atracados um ao lado do outro
Por Redação em 19 de julho de 2022 às 14h00

O Porto Sudeste, localizado na região de Itaguaí (RJ), concluiu, na última terça-feira, dia 12 de junho, sua primeira operação de granéis líquidos. A transferência de 950 mil barris de óleo cru do navio aliviador Live Knutsen para o exportador Moscow Spirit durou cerca de 24 horas. O processo foi acompanhado pela Marinha do Brasil, pela Delegacia da Capitania dos Portos de Itacuruçá, pela Autoridade Portuária e pela Aduana do Porto de Itaguaí.   

“A primeira operação foi bem sucedida, com eficiência e 100% segura operacionalmente. Já temos um pipeline para os próximos meses. É mais um portifólio de cargas que integramos ao cenário regional, firmando ainda mais o Porto Sudeste como um terminal multicargas. Nacionalmente, representa mais uma opção de logística para a infraestrutura do país. O próximo passo é aumentar nossas operações, torná-las relevantes não apenas para o estado do Rio de Janeiro, mas para todo o Brasil” comenta Fabiana Durant, gerente de Operação com Granéis Líquidos do Porto Sudeste.  

A operação double banking realizada consiste na transferência entre navios atracados, um ao lado do outro, de óleo cru produzido em campos offshore, garantindo maior eficiência ao transporte do petróleo que é explorado em alto mar. Isso evita os longos deslocamentos dos navios, promovendo a redução de custos operacionais. A prática vem crescendo no Brasil gradativamente com o aumento da produção de petróleo no país.  

“O Porto Sudeste sempre esteve atento às movimentações do mercado, e percebemos que tínhamos uma boa oportunidade para expandir nossas atividades, impulsionando ainda mais as operações portuárias no país. Nossa localização em águas abrigadas e com baixa variação de maré permite que a operação de transbordo a contrabordo seja realizada de forma segura, sem interferências causadas por variações climáticas”, explica Jayme Nicolato, CEO do Porto Sudeste.   

Atualmente, o Porto Sudeste tem capacidade para movimentar até 50 milhões de toneladas. A operação de óleo ocupará a capacidade ociosa, podendo movimentar até 13 milhões de toneladas por ano. Os granéis sólidos, especialmente o minério de ferro, seguem como atividade principal do Porto Sudeste. 

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar