Ibovespa
119.563,63 pts
(-0,08%)
Dólar comercial
R$ 5,41
(0,52%)
Dólar turismo
R$ 5,62
(0,70%)
Euro
R$ 5,80
(0,71%)

Princesa dos Campos transportou cerca de 60 toneladas de materiais para incentivo à leitura desde 2013

Ação voluntária faz parte de uma parceria com o projeto Pegaí Leitura Grátis
Por Redação em 6 de maio de 2022 às 14h00 (atualizado às 21h02)
Princesa dos Campos transportou cerca de 60 toneladas de materiais para incentivo à leitura desde 2013

Com a premissa de incentivar o hábito da leitura, a empresa paranaense Expresso Princesa dos Campos, transportou, de forma voluntária, mais de 50 mil livros para o Paraná. A ação faz parte de uma parceria com o Instituto Pegaí Leitura Grátis, que possui um projeto social destinado a angariar livros por meio de doações, restaurações, aquisições e impressões, disponibilizando-os nas Estantes Pegaí, espalhadas em várias cidades do Paraná. 

A iniciativa começou em 2013 em Ponta Grossa e, desde então, a Princesa dos Campos foi a responsável por transportar cerca de 60 toneladas de materiais para o projeto. Além de livros, a companhia auxilia também no transporte de papéis e estantes. Os papéis são doados por indústrias de papel para que novas obras literárias sejam produzidas. A logística é proporcionada pela Princesa dos Campos, que viabiliza ônibus ou caminhões para que os objetos cheguem aos seus devidos fins. 

“Em 2013, a Princesa dos Campos foi convidada a participar da iniciativa. Desde que falaram sobre a premissa do projeto, que é de oferecer leitura grátis em diversos espaços públicos, não hesitamos em contribuir. Acreditamos que a proposta está alinhada com a nossa visão de responsabilidade social. Como a iniciativa é paranaense e a empresa tem orgulho da região em que está inserida, optamos por continuar com a parceria para também contribuirmos com a população que está no nosso entorno”, destaca o CEO da Princesa dos Campos, Gilson Barreto. 

O projeto Pegaí Leitura Grátis disponibiliza livros em estantes localizadas em espaços públicos. As pessoas interessadas podem escolher um título, levar para casa, ler e devolver nos pontos de coleta, que também servem para receber doações. Após a devolução ou doação, os materiais passam por quarentena e recebem um lacre. Qualquer obra pode ser doada, desde que tenha caráter literário. 

Segundo o coordenador-geral do Pegaí Leitura Grátis e presidente do Instituto Pegaí Leitura Grátis, Idomar Cerutti, a parceria com as empresas é essencial para manter o trabalho voluntário em bom funcionamento. A Princesa dos Campos, nesse caso, foi uma das primeiras a contribuir com a iniciativa e hoje é uma das mais antigas Empresas Amigas do Pegaí, recebendo um selo com essa qualificação. 

“A Princesa dos Campos colabora com várias demandas do projeto, atuando no transporte de livros para outras cidades do Paraná e também de papeis, estantes e qualquer outro material que necessite de logística para chegar ao destino. A empresa também é responsável por transportar as doações de outros locais do país. Essa é uma parceria muito importante, que nos ajuda a expandir o trabalho voluntário para outros lugares”, ressalta Cerutti. 

O Pegaí Leitura Grátis também imprime tiragens de livros, em parceria com autores que cedem os direitos de impressão. Para isso, conta com o apoio de empresas parceiras que fornecem papel, além de gráficas que proporcionam impressão a baixo custo. O resultado são mais de 30 títulos já impressos e mais de 175 mil livros oferecidos aos leitores. Em 2021, foram dez diferentes títulos, com 51 mil exemplares. Para 2022, a expectativa é de imprimir 60 mil unidades de novas obras.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar