Ibovespa
127.652,06 pts
(-1,39%)
Dólar comercial
R$ 5,59
(1,89%)
Dólar turismo
R$ 5,79
(1,73%)
Euro
R$ 6,09
(1,54%)

Estudo ABCR referente a junho de 2022 apresenta recuo

Índice caiu 1,3% no comparativo com maio, considerando os dados dessazonalizados
Por Redação em 4 de agosto de 2022 às 10h22

O Índice ABCR referente a junho de 2022 apresentou recuo de 1,3% no comparativo com maio, considerando os dados dessazonalizados. O índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas é construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) juntamente com a Tendências Consultoria Integrada. Mantida a comparação mensal dessazonalizada, o índice de fluxo pedagiado de veículos pesados teve queda de 2,4%.

Nos últimos doze meses, o índice total acumula avanço de 7,3%, fruto do aumento de 2,1% de veículos pesados. No acumulado do ano, o índice total apresenta avanço de 9,4%. O fluxo pedagiado de veículos pesados cresceu 2,4%.

“Os resultados demonstram queda disseminada do fluxo total de veículos nas praças pedagiadas de associadas à ABCR, considerando a série dessazonalizada. O resultado negativo, ainda que sugira menor dinamismo corrente, precisa ser relativizado à luz da sequência predominantemente positiva desde fevereiro de 2022”, comenta o analista de Macroeconomia e Política da Tendências Consultoria, Thiago Xavier.

Ainda segundo o executivo,o fluxo de veículos pesados registrou maior queda em junho, embora sua tendência também seja de predominante crescimento nos últimos meses, ainda considerando a série dessazonalizada. “Essa trajetória positiva é correlata com os resultados positivos do setor de transporte de cargas, e pela conjuntura de resiliência da produção industrial, apesar do quadro geral de elevação dos custos produtivos”, pontua o analista.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar