Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Cobrança da tarifa do Free Flow inicia na Rio-Santos nesta sexta (31)

Motoristas com etiqueta eletrônica instalada no veículo têm descontos na tarifa, que variam de 5% a 70%
Por Redação em 31 de março de 2023 às 12h30
Cobrança da tarifa do Free Flow inicia na Rio-Santos nesta sexta (31)

A cobrança da tarifa do Free Flow (pedágio eletrônico) na BR-101/RJ/SP (Rio-Santos) começa a ser realizada nesta sexta-feira (31), após a conclusão dos serviços iniciais pela concessionária CCR RioSP. A cobrança já havia sido autorizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), conforme antecipado pela Tecnologística.

A tarifa é de R$ 4,10 para os carros de passeio nos três pórticos instalados em Paraty (km 538), Mangaratiba (km 447) e Itaguaí (km 414). Para os veículos comerciais, a tarifa é multiplicada pelo número de eixos. Nos finais de semana e feriados nacionais, de acordo com o que prevê o contrato de concessão, a tarifa terá valores diferenciados para as duas categorias, das 18h de sexta-feira às 6h de segunda-feira, o valor cobrado será de R$ 6,80.

Segundo a ANTT, estão isentos do pagamento da tarifa as motocicletas, motonetas, triciclos e bicicletas moto, as ambulâncias, os veículos oficiais, próprios ou contratados de prestadores de serviço, da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, seus respectivos órgãos, departamentos, autarquias ou fundações públicas, bem como os veículos de Corpo Diplomático possuem o direito à isenção da tarifa de pedágio, conforme determina o contrato de concessão.

Aqueles que não realizarem o pagamento da tarifa em até 15 dias corridos, após a passagem pelo pórtico, está sujeito a multa de trânsito no valor de R$ 195,23 e 5 pontos na carteira (Artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro), além de multa e encargos moratórios pelo atraso.

Como funciona
O pagamento é realizado a partir da leitura de uma TAG (etiqueta eletrônica) ou pela leitura da placa. No caso da utilização da TAG, a passagem será cobrada direto na fatura da operadora, com o benefício do desconto progressivo previsto em contrato de concessão que varia entre 5% e 70%.

Já o motorista que não tem uma TAG instalada, o pagamento da tarifa poderá ser feito através do portal web da concessionária, app da CCR – CCR RioSP ou WhatsApp (11) 2795-2238 em até 15 dias corridos.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar