Ibovespa
129.558,62 pts
(0,42%)
Dólar comercial
R$ 4,96
(-0,36%)
Dólar turismo
R$ 5,16
(-0,28%)
Euro
R$ 5,37
(-0,02%)

Setor de transporte rodoviário de cargas quer alíquotas reduzidas na Reforma Tributária

O assunto foi debatido na 22ª edição do seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas
Por Redação em 27 de junho de 2023 às 11h31
Setor de transporte rodoviário de cargas quer alíquotas reduzidas na Reforma Tributária
Foto: Reprodução/Agência Câmara
Foto: Reprodução/Agência Câmara

Representantes do setor de transporte rodoviário de cargas defenderam na última semana a inclusão de medidas dirigidas ao setor na Reforma Tributária (PECs 45/19 e 110/19), em discussão na Câmara dos Deputados. O setor responde pela movimentação de mais de 60% de tudo que é produzido e consumido no Brasil.

Na pauta está a reivindicação de alíquota reduzida do novo imposto sobre bens e serviços (IBS) para os diferentes modais do setor (rodoviário, aquaviário, ferroviário e aéreo), um dos tributos criados pela reforma. Também querem o creditamento do imposto embutido nos combustíveis adquiridos para a frota.

O assunto foi debatido na 22ª edição do seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas, promovido pela Comissão de Viação e Transportes, em parceria com a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&logística) e a Federação Interestadual das Empresas de Transporte de Cargas (Fenatac).

“Se o transporte de cargas vier sem crédito de mão de obra e sem crédito de combustível, não vamos ter crédito de nada. Vai haver aumento de carga tributária”, disse o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Vander Costa.

LEIA TAMBÉM:

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência, analisar estatísticas e personalizar a publicidade. Ao prosseguir no site, você concorda com esse uso, em conformidade com a Política de Privacidade.
Aceitar
Gerenciar