Quarta-feira, 22 de agosto de 2012 - 12h36
Pneu urbano CityMax, da Goodyear
Produto traz a inédita tecnologia Waffle Blade, que aumenta a resistência ao calor

A Goodyear anunciou oficialmente, em coletiva de imprensa realizada no dia 21 de agosto, em São Paulo, o lançamento no mercado nacional do pneu CityMax, nos modelos 275/80R22.5 e 295/80R22.5, um produto pertencente à Série 600 da empresa voltado para caminhões e ônibus urbanos.

Fruto de uma pesquisa de três anos realizada com o suporte do Centro Tecnológico da Goodyear em Akron, no estado norte-americano do Ohio, o CityMax nasceu de estudos que envolveram 505 frotas em todo o Brasil para análise minuciosa das exigências do segmento urbano nacional nas diferentes regiões do país. O produto tem como objetivos permitir mais economia por quilômetro rodado, melhor desempenho com cargas elevadas, alta durabilidade de banda de rodagem, maior tolerância ao calor e maior índice de recapabilidade.

A principal novidade é a inédita tecnologia Waffle Blade, que consiste em ligações flexíveis entre os blocos da banda de rodagem, o que otimiza a movimentação dos blocos e permite melhor acomodação no solo. O pneu apresenta área de contato 4% maior que o modelo anterior da Série 600 da Goodyear, o G665 Plus. Quando não está em contato com o solo, as ligações flexíveis se expandem e se esfriam. O resultado é a diminuição da temperatura da banda em situações de frenagens e curvas, gerando ganho de quilometragem, além de preservar a carcaça para futuras recapagens. O CityMax apresenta ainda a tecnologia Duralife da Goodyear, que garante carcaça reforçada para auxiliar na proteção contra impactos e fricções laterais.

Os ganhos proporcionados pelo novo pneu na comparação com seu antecessor podem chegar a 14% em quilometragem com a banda original e até 31% de vida útil total. Isso significa que CitiMax pode rodar até 25 mil km a mais. Além de testes realizados no Campo de Provas da Goodyear em Americana (SP), o novo pneu foi medido em campo em dez estados brasileiros. Para isso, foram utilizados cerca de 1.600 pneus, que percorreram mais de 75 milhões de km.