Terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 - 13h27
Asia Shipping registra crescimento em 2013
Companhia de agenciamento de cargas encerrou o ano com acréscimo de 30% no volume das operações

A Asia Shipping, companhia brasileira que atua no setor de agenciamento de cargas, divulgou, no início desta semana, que encerrou 2013 com um crescimento de 30% no volume de operações realizadas. Para este ano, a expectativa de crescimento é menor, principalmente em função da alta do dólar, do ritmo de crescimento da economia e dos grandes eventos, como Copa do Mundo e eleições.

Segundo o CEO da Asia Shipping, Alexandre Pimenta, o mercado como um todo espera crescer entre 5% e 7% e a empresa deve acompanhar estes índices. Para o executivo, porém, o cenário é bastante positivo a médio prazo. Os números consolidados não são divulgados.

Atualmente, a Asia Shipping oferece operações de agenciamento marítimo de contêineres em todo o território brasileiro e de cargas por meio de consolidação própria. No segmento de cargas rápidas, a empresa disponibiliza, ainda, agenciamento aéreo. Os clientes da empresa contam também com contratação de carga internacional, armazenagem, desembaraço aduaneiro e serviço especializado em cargas de projeto, transporte rodoviário, ferroviário e cabotagem.

Criada em 1996, a Asia Shipping foi concebida a fim de atender o mercado entre a China, o Brasil e a Índia. Mas, três anos depois, deu início ao processo de internacionalização com a fundação da Asia Shipping International Transport com sede em Hong Kong. No ano passado, foi criado o AS Group Integrated Logistics Solutions e a Asia Shipping Brasil passou a fazer parte do conglomerado composto pelas empresas AS China, AS Equador, AS Chile e a FR8 Logistics. Ao todo são 28 escritórios próprios do Grupo AS, sendo 11 no Brasil, oito na China, dois no Equador, dois no Chile e mais cinco escritórios na Índia.