Segunda-feira, 31 de março de 2014 - 11h10
GRU Airport Cargo inaugura câmaras frias
Estruturas, utilizadas na exportação e importação, demandaram R$ 4 milhões em investimentos

O GRU Airport Cargo, terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), inaugurou, na última sexta-feira, 28 de março, duas câmaras frias, uma utilizada para exportação e outra para importação, para as movimentações de produtos perecíveis ou que exijam armazenamento com temperatura controlada. Segundo o diretor do GRU Airport Cargo, Marcus Santarém, R$ 4 milhões foram aplicados para a concepção das estruturas.

A câmara fria de exportação tem um volume de 1.700 m³, disponibiliza 220 posições-palete e opera com temperatura entre 2ºC e 8ºC. Já a câmara de importação, que passa a ser utilizada no início do mês de maio, tem 17 mil m³, 1.800 posições-palete e temperatura variando entre 16ºC e 22ºC.

Santarém explica que há outras ações previstas. Além das novas estruturas, revela, a companhia investirá na revitalização das 16 câmaras existentes, que hoje têm capacidade de 7.700 m³. O diretor não detalha os valores empregados para estas melhorias.

Segundo o executivo, havia uma grande demanda de empresas exportadoras e importadoras para a ampliação da capacidade de câmaras-frias, principalmente do setor farmacêutico. “Além disso, precisávamos de equipamentos mais modernos, que possibilitam trabalhar com uma variação maior de temperatura, para atender às peculiaridades de cada produto armazenado”, diz.

Entre os principais produtos armazenados nas câmaras-frias estão frutas e medicamentos na área de exportação e medicamentos, pescados e hortifrúti na de importação. O volume esperado de operação com as novas estruturas ainda não pode ser mensurado.

Ao todo, em 2013, o GRU Airport Cargo movimentou 343.784 toneladas de cargas, volume 3,6% superior ao operado no ano anterior.