Segunda-feira, 11 de maio de 2015 - 12h05
Appa implanta ferramenta de monitoramento em tempo real
Software utiliza imagens de satélites para acompanhar as embarcações e otimizar as operações portuárias

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) anunciou, neste mês de maio, a adoção de uma nova ferramenta para monitoramento e planejamento de navegação. O programa, chamado FleetMon Explorer, usa imagens geradas via satélite com o objetivo de diminuir o período de espera e de atracação nos portos paranaenses por meio de análises que melhoram a previsão de chegada dos navios.

A novidade, que proporciona menor custo para o usuário e mais produtividade para os portos, possibilita a visualização, em tempo real, de toda a frota situada no mar. O software traz ainda informações on-line sobre a origem e o destino das embarcações, características dos navios e o tipo de carga que está sendo transportada ou programada para carregamento.

Para o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino, o acompanhamento é uma solução tecnológica que aumenta a confiabilidade das operações marítimas. “São informações que validam os procedimentos da autoridade portuária e aumentam a confiabilidade do usuário”, comenta.

“O sistema permite saber, por exemplo, se os navios que estão programados para atracar no Porto de Paranaguá estão acessando o canal de forma adequada e qual é a sua posição no cais enquanto está atracado”, explica o diretor Comercial da Appa, Lourenço Fregonese.

A ferramenta é um dos serviços que integram o projeto Appa Web. Em fase de conclusão, ele consiste na modernização de todo o sistema de controle interno e externo das ações realizadas nos portos. O Appa Web tem como objetivo eliminar o uso de papel e integrar todas as atividades, desde o faturamento até a gestão financeira da Appa.

“Ele vai permitir que todos os usuários interajam com o porto sem ter que vir até o porto”, ressalta Dividino. Todas as requisições de navios, pedidos de atracação, programação de carga e descarga, pagamento de faturas e demais atividades que hoje são feitas no local serão realizadas on-line.