Quinta-feira, 21 de maio de 2015 - 10h59
Exportação de soja por Paranaguá bate recorde em abril
O porto escoou 1,476 milhão de toneladas de soja, superando em 2% o recorde anterior de 1,447 milhão de toneladas

A exportação de soja pelo Porto de Paranaguá bateu o recorde histórico de movimentação mensal em abril. Ao longo do mês, o porto escoou 1,476 milhão de toneladas de soja, superando em 2% o recorde anterior de 1,447 milhão de toneladas, registrado em março de 2014. Em relação a abril de 2014, a diferença chegou a 6%.

A marca é resultado do aumento de produtividade nas operações de grãos em Paranaguá. “Em março tivemos a inauguração de dois novos shiploaders, que representam bem a nossa preocupação em dar mais agilidade ao usuário do porto”, afirma o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

Os novos carregadores têm capacidade nominal de carregamento 33% maior do que os antigos equipamentos da década de 70. Com isso, o Corredor de Exportação do Porto aumentou a velocidade de operação, de 1,5 mil para 2 mil toneladas por hora. Outros dois shiploaders novos já estão sendo montados no Corredor de Exportação e passarão a funcionar no mês de agosto.

A Appa investiu R$ 59 milhões na aquisição dos equipamentos. O investimento fez parte de um pacote de R$ 511 milhões aplicados no Porto de Paranaguá de 2011 a 2014 em obras de melhoria, infraestrutura e novos projetos no Porto de Paranaguá.

O recorde de exportações registrado em abril evidencia um crescimento de patamar na produtividade. Em 2012 e 2013, as maiores marcas mensais foram de 1,1 milhão de toneladas, 300 mil toneladas a menos que o recorde alcançado no mês passado.

Ao longo do mês, mais de 37 mil caminhões chegaram em Paranaguá0,35cm carregados de grãos para descarregar no porto. “O importante é que conseguimos bater o recorde sem impactos na cidade, com uma chegada ordenada dos caminhões”, afirma o diretor empresarial da Appa, Lourenço Fregonese.

No acumulado dos quatro meses do ano, já foram embarcados 2,8 milhões de toneladas do grão. Além disso, no mesmo período foram exportadas 871 mil toneladas de milho e 1,5 milhão de toneladas de farelo pelo porto paranaense.