Quinta-feira, 16 de julho de 2015 - 12h22
Elog adquire estruturas da Maringá Armazéns Gerais
Com a compra, empresa passa a contar com seis unidades no Paraná

A Elog, empresa do grupo EcoRodovias, adquiriu e assumiu a gestão do Porto Seco e do Terminal de Cargas (Teca) Maringá, que pertenciam à Maringá Armazéns Gerais. Com isso, ela passa a contar com seis unidades no Paraná. A Elog já possuía um porto seco em Foz do Iguaçu e um centro logístico industrial e aduaneiro (clia), um porto seco e um centro de distribuição em Curitiba

As unidades de Maringá se integram tanto às estruturas da capital paranaense, quanto ao Porto Seco de Foz, complementando a estratégia da companhia de oferecer uma logística integrada com foco na interiorização das cargas. Os valores envolvidos na negociação não foram revelados.

O Porto Seco tem uma área total de 7.300 m², com área útil de 5.440 m², pátio regulador/bolsão de caminhões com capacidade para 25 carretas, câmara fria com 760 m³ de capacidade e pátio alfandegado pavimentado de 24.000 m². Já o Teca tem área total de 3.900 m², 8 metros de pé-direito, pátio com 390 m² e estacionamento de veículos com mais de 1.000 m².

A Elog oferece serviços de transporte que atendem todo o Paraná. “Acreditamos no potencial e na representatividade do norte paranaense. A aquisição complementará a atuação da Elog no estado e nos permitirá oferecer serviços mais competitivos”, afirma Philippe Masse de Souza, diretor de Desenvolvimento de Negócios da empresa.

Com a aquisição, a Elog passa a contar com um total de 16 unidades no Brasil, concentradas em pontos estratégicos das regiões Sul e Sudeste, entre clias, portos secos, plataformas logísticas e CDs, além das atividades de transporte que viabilizam a logística integrada. O porto seco de Maringá é a 12ª unidade alfandegada da empresa.