Quarta-feira, 22 de agosto de 2018 - 11h26
Swissport renova frota de equipamentos no Aeroporto de Congonhas
Inciativa faz parte de um processo amplo que abrange todo o país

A Swissport, empresa que oferece serviços em solo para o segmento de aviação, deu início, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, a um processo de renovação de seus equipamentos antigos adaptados para o reboque de carretas de carga e bagagem e também de renovação da sua frota de tratores para a movimentação de aeronaves. Eles serão substituídos por equipamentos especialmente desenvolvidos e com novas tecnologias específicas para essas atividades.

Dez novos veículos, fabricados pela empresa TLD, já estão em operação no terminal aéreo paulista, sendo dois novos tratores para a movimentação de aeronaves e oito para o reboque de cargas e bagagens. Outros cinco equipamentos de cada modelo deve chegar nas próximas semanas.

“Entre os principais diferenciais dos novos tratores JST-20 e TMX-150 estão os sistemas de freios nas quatro rodas, a maior capacidade de movimentação de bagagem e os sistemas redundantes de segurança de aproximação das aeronaves e de condução dos equipamentos”, destaca Sidnei Vieira, gerente de Terminal da Swissport.

Divulgação
Divulgação

Outras vantagens são a transmissão automática, botões externos para movimentação em espaços curtos e o motor, que funciona com injeção eletrônica de diesel e trabalha com Arla (agente redutor líquido de óxido de nitrogênio automotivo), que reduz a emissão de poluentes.

A inciativa faz parte de um processo amplo de renovação da frota da Swissport em todo o país. A companhia atua em 12 aeroportos brasileiros e atende 26 mil voos mensalmente. Ao redor do mundo a Swissport está presente em 280 aeroportos de 48 países, movimenta 4,7 milhões de toneladas de cargas por ano e administra 133 armazéns de carga aérea.