Terça-feira, 13 de novembro de 2018 - 14h21
BX Log anuncia filiais em Santa Catarina e no Distrito Federal
Inaugurações fazem parte da estratégia da companhia para reforçar sua presença no país

Três anos após iniciar suas operações, a BX Log informa que irá ampliar sua atuação no país e reforçar sua malha de atendimento com a inauguração de filiais em Santa Catarina e no Distrito Federal. A companhia ainda não revelou, porém, os valores que serão investidos, os locais e as datas em que as estruturas iniciarão as operações.

A estratégia faz parte dos planos de expansão da BX Log, em prática desde o início de sua atuação. Além da matriz em São Paulo, o operador logístico conta hoje com 72 bases operacionais espalhadas pelo Brasil, além de filiais no Rio de Janeiro e no Espírito Santo.

Entre estruturas próprias e compartilhadas, a BX Log soma 32 mil m² de área de armazenagem, mais de 80 veículos próprios e terceirizados, de portes variados, forte atuação em transporte aérea de cargas, além do rodoviário fracionado e lotação. A empresa tem se dedicado, também, a firmar acordos para expandir sua atuação em segmentos como telecomunicações, tecnologia, produtos sensíveis, mobiliário, medicamentos, cosméticos, bens de consumo, embalagens, e-commerce e varejo.

“Desde o início nos posicionamos oferecendo soluções integradas e mais aderentes aos negócios dos clientes, sem perder sinergias operacionais”, destaca o CEO da BX Log, Mauro Henrique Pereira. Segundo o executivo, a companhia avançou tanto em estrutura operacional e de atendimento quanto na obtenção de certificações que permitiram a ampliação dos serviços prestados.

O balanço dos três primeiros anos reflete o que diz o executivo. De acordo com dados da empresa, no período, o crescimento foi de 50% ao ano, num total hoje de 60 clientes ativos. A consolidação do modelo de negócio que combina a visão do operador com a visão do cliente contribuiu, segundo a empresa, para reforçar a marca, levando à ampliação do portfólio de soluções e à inauguração de pontos de atendimento pelo Brasil.

O próximo passo já está definido. “A ideia é continuar trazendo pessoal capacitado para somar esforços para o crescimento da empresa”, resume Pereira.