Quinta-feira, 28 de março de 2019 - 11h11
Combilift comemora dez anos de atuação no Brasil e anuncia ampliação da rede no país
Companhia chegará à Região Centro-Oeste e oferecerá estruturas de representantes e pós-venda

A Combilift, companhia que desenvolve soluções customizadas de movimentação de materiais, está completando dez anos de atuação no Brasil e prepara a ampliação de sua rede de representantes e de pós-vendas. Sem revelar detalhes, a Combilift indica que irá começar essa expansão pela Região Centro Oeste do país.

Com sede em Canoas (RS), a companhia atende atualmente clientes localizados desde Manaus, capital do estado do Amazonas, a Uruguaiana (RS) e sua atuação vem crescendo por meio de uma rede de representantes e de pós-vendas instalados atualmente nas regiões Sul, Sudeste e parte do Nordeste.

Em 2018, a filial brasileira da fabricante registrou número recorde de vendas de equipamentos, alcançando um índice de 100% de crescimento, com 110 clientes ativos em solo nacional e todas as unidades vendidas já em operação.

Divulgação
Divulgação

Segundo o diretor Comercial da Combilift no Brasil, Rafael Kessler, o carro-chefe da companhia segue sendo a empilhadeira articulada CombiAM Aisle Master, que corresponde a 80% das vendas e com cada vez mais aceitação do conceito Combilift de ampliar a área de armazenagem com segurança e otimização do espaço. “Nossas estratégias têm como objetivo seguir crescendo em 2019, entregando resultados efetivos para as empresas e colaborando para a produtividade na intralogística”, diz.

Vale lembrar que a inauguração da nova planta da marca, localizada em Monaghan, na Irlanda, proporcionou mais velocidade na produção dos equipamentos aos clientes. Além disso, como as torres das empilhadeiras são fabricadas no Brasil o tempo de entrega foi reduzido de seis para três meses.

Nova fábrica da Combilift localizada em Monaghan, na Irlanda
Nova fábrica da Combilift localizada em Monaghan, na Irlanda. Crédito: Divulgação

Números gerais

Em 2018, a Combilift computou crescimento de 20% em nível global na produção de unidades de equipamentos em comparação a 2017, alcançando um faturamento de 300 milhões de euros, cerca de R$ 1,3 bilhão.

Segundo a companhia, um dos pontos-chave para os resultados alcançados pela Combilift em 2018 foi justamente a nova planta. A unidade foi projetada para atender a uma produção intensa de equipamentos customizados – a cada 15 minutos uma máquina é concebida – e seu conceito tem como objetivo dar flexibilidade à linha de produção, permitindo acomodar novas demandas de clientes em qualquer solução customizada de movimentação de materiais.

De acordo com Kessler, esse conceito já existia antes das atividades da nova planta, mas o processo era mais lento, exigindo quase uma pessoa para cada equipamento em produção. “Hoje, a estratégia da customização em massa é totalmente viável com uma melhor distribuição dos recursos da planta e deu à empresa um diferencial que se reflete nos resultados e nos novos negócios, criando um novo benchmark na produção em série de produtos customizados”, destaca.