Terça-feira, 25 de junho de 2019 - 9h38
Dersa entrega melhorias na travessia de Santos ao Guarujá
Gaveta de atracação foi recuperada e defensas marítimas foram substituídas a fim de melhorar o fluxo

A Dersa entregou na última quarta-feira, 19 de junho, a reforma estrutural da gaveta de atracação que fica ao lado do Centro de Controle Operacional (CCO), na margem do Guarujá (SP). O local foi danificado no acidente causado por um navio, que entrava no canal do Porto de Santos (SP), em 7 de maio de 2018 e colidiu com três balsas da Travessia Santos-Guarujá.

A reforma iniciou em 15 de maio e, neste período, a gaveta de atracação ficou interditada para embarques e desembarques. Os usuários utilizaram as outras duas gavetas que ficaram à disposição.

A Dersa informa que os custos da reforma foram de responsabilidade da empresa do navio, assim como ocorreu com os reparos das embarcações envolvidas.

Além da recuperação da estrutura de concreto, os trabalhos incluíram a substituição das duas defensas marítimas, equipamentos de borracha que medem 3,5 metros e pesam quase 4 toneladas. Os borrachões proporcionam a segurança adequada entre as balsas e o concreto da margem, amortecendo o impacto da embarcação no momento da atracação. Para realizar esta operação, foi necessário o auxílio de um guindaste de 45 t para içar as peças que são fixadas à margem por 14 conjuntos grandes de parafusos e porcas. Toda a estrutura de rampa também recebeu nova pintura.