Terça-feira, 2 de julho de 2019 - 10h34
Infraero tem novo presidente
Alteração segue as diretrizes do governo federal para o setor aeroportuário

O tenente-brigadeiro do ar Hélio Paes de Barros Júnior assumiu, no dia 1º de julho, a presidência da Infraero. O executivo cumpriu seis meses de quarentena após deixar a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em dezembro de 2018. Durante esse período, esteve à frente da presidência da Infraero Martha Seillier, que assume a diretoria de Planejamento, Finanças e Relações com Investidores.

A alteração já era prevista e marca o ciclo de mudanças na gestão da empresa, conforme as diretrizes do governo federal para o setor aeroportuário. A solenidade de transmissão do cargo, a ser presidida pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, acontecerá no dia 15 de julho.

Paes de Barros Júnior é Bacharel em Ciências Aeronáuticas pela Academia da Força Aérea e em Matemática com área de concentração em Sistemas de Informação,pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ele possui especialização em Política e Estratégia Aeroespaciais e pós-graduação em Ciências Militares, ambas pela Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (Ecemar), além de curso de especialização de oficiais pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (Eaoar).

Ingressou na Aeronáutica em 1969, na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), tendo atuado em diversas funções. Especificamente com relação à aviação civil, atuou no antigo Departamento da Aviação Civil (DAC), onde foi vice-chefe de Tecnologia da Informação, chefe do subdepartamento de Operações e chefe do subdepartamento de Serviços Aéreos. Em 2007, atuou como diretor na diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (Dirmab). No ano de 2010, assumiu o Segundo Comando Aéreo Regional (II Comar). Em 2011, esteve à frente do Estado-Maior do Comando-Geral de Operações Aéreas (Comgar). Entre 2012 e 2014 foi Comandante do Comando-Geral de Apoio (Comgap). A partir do ano de 2015, tornou-se chefe do Estado-Maior da Aeronáutica. Já em 2016, assumiu uma das diretorias da Anac, onde permaneceu até 2018.