Sexta-feira, 12 de julho de 2019 - 11h02
Wilson Sons Estaleiros finaliza dois trabalhos de docagem
PSV Zarapito e rebocador Veja receberam reparos para integridade estrutural, mecânica, elétrica e estética

A Wilson Sons Estaleiros concluiu no último mês de junho a docagem do Platform Supply Vessel (PSV) Zarapito e do rebocador Vega. As operações começaram em 4 de junho, no Guarujá (SP), e incluíram procedimentos de reparo para a integridade estrutural, mecânica, elétrica e estética das embarcações.

Segundo o diretor executivo, Adalberto Souza, trata-se de um resultado importante que mostra a solidez da empresa num período desafiador para a indústria naval brasileira. “A Wilson Sons sempre foi conhecida no país pela qualidade na construção de novas embarcações, docagens, reparos e conversões”, pontua.

Divulgação
Divulgação

Na opinião do executivo, a localização do estaleiro, próximo ao Porto de Santos (SP), a infraestrutura, a tradição de entregas dentro do prazo e a performance em segurança são alguns dos fatores que contribuem para que as empresas confiem à Wilson Sons Estaleiros os trabalhos em suas embarcações. Ele ressalta também a importância da sinergia entre os negócios do grupo. O PSV Zarapito pertence à Wilson Sons Ultratug Offshore e o Vega à Wilson Sons Rebocadores.

Além dessas duas embarcações finalizadas em junho, a companhia já executou este ano outras dez docagens e tem mais 14 programadas, somando 26 contratos em 2019. O número supera o desempenho de 2018, quando foram realizadas, ao todo, 24 operações de reparo naval.

Os trabalhos de docagem não são o únicos contratos firmados. Isso porque a atual carteira da empresa contempla ainda a construção de um rebocador da série de escort tug, com 90 toneladas de tração estática, para a Wilson Sons Rebocadores. No ano passado, a empresa entregou o primeiro rebocador dessa série, o WS Sirius.