Terça-feira, 6 de agosto de 2019 - 11h59
Porto Itapoá registra recorde de movimentação em julho
Volume de contêineres foi o maior nos oito anos de operação do terminal

O Porto Itapoá (SC) registrou em julho seu recorde histórico de movimentações de contêineres. Foram mais de 40 mil unidades movimentadas no total, o equivalente a 71 mil TEUs, representando um crescimento de 22% na comparação com o mesmo mês de 2018 e superando o recorde registrado no mês de maio, com 38.812 contêineres (65 mil TEUs).

Entre as cargas de importação mais movimentadas pelo porto estão eletroeletrônicos, artigos esportivos, brinquedos, automóveis e seus componentes, produtos minerais, maquinário em geral, plástico e produtos químicos. E para exportação, destaque para a movimentação de papel e celulose, madeira, couros e peles.

No acumulado do ano de 2019, o Porto Itapoá ultrapassou a marca de 240 mil contêineres movimentados, somando mais de 400 mil TEUs. De acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Itapoá ocupa a quinta posição entre os terminais portuários de contêineres brasileiros.

Para atender a esse crescimento, o terminou recebeu investimentos que dobraram sua capacidade, passando a contar com uma estrutura capaz de movimentar até 1,2 milhão de TEUs por ano. As obras contemplaram 100 mil m² adicionais de pátio, resultando em uma área de 250 mil m², e mais 170 metros de píer, que passou a ter 800 metros de comprimento. A terceira fase da expansão permanece em andamento, com o objetivo de alcançar uma área total de 450 mil m² de pátio e 1.200 metros de píer, com capacidade para superar 2 milhões de TEUs por ano.

Divulgação

Neste mês de agosto o Porto Itapoá movimentou uma carga diferente. A Locopeia, uma espécie de trenzinho utilizado nos desfiles da Oktoberfest de Blumenau (SC), foi embarcada na tarde do dia 4 para Nova Iorque, nos Estados Unidos. A locomotiva alegórica vai desfilar pelas ruas da cidade norte-americana nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, durante as comemorações Brazilian Day.