Terça-feira, 15 de outubro de 2019 - 10h26
Volkswagen apresenta novidades em todo seu portfólio de caminhões
Montadora anuncia na Fenatran o início da fabricação dos caminhões elétricos e-Delivery de 11 e 14 toneladas a partir do próximo ano

A Volkswagen Caminhões e Ônibus apresenta, na 22ª edição da Fenatran – Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas, seu portfólio completo de mobilidade. Além de novidades dos leves aos extrapesados, a fabricante anuncia a produção dos caminhões elétricos e-Delivery de 11 e 14 toneladas a partir de 2020.

Além disso, a família Delivery ganha novos integrantes, com a estreia da transmissão automatizada e versão fora de estrada 4x4, e a gama Man TGX agrega atributos para potencializar o conforto a bordo. Já a linha Constellation traz novidades para os caminhões médios, pesados e extrapesados . A montadora agrega, ainda, funcionalidades aos modelos Robust.

Divulgação

Leves

O destaque dos lançamentos fica por conta do início da fabricação dos caminhões e-Delivery de 11 e 14 t. Com o e-Consórcio, a VW Caminhões e Ônibus consegue prever desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria dos caminhões elétricos, alavancando o comprometimento de toda a cadeia de fornecedores de maneira integrada e facilitando o acesso à tecnologia elétrica em veículos comerciais.

Entre os caminhões Delivery a diesel a VW também é pioneira: o caminhão leve mais vendido do Brasil estreia agora como Delivery 11.180 4x4, com tração especial e força para rodar em qualquer terreno. A novidade já entra para a história como a única da categoria com essa configuração para o transporte de mercadorias ou prestação de serviços específicos.

Seus ângulos de ataque e saída são superiores, superando os 30°, o que representa um ganho de 52% sobre a versão 4x2. Primeiro modelo VW com eixo trativo dianteiro desenvolvido exclusivamente para a marca, em parceria com a Dana, a tração 4x4 se dá por meio do uso de uma caixa de transferência Marmon Herrington com dupla velocidade, o que confere ao veículo um desempenho otimizado em aclives.

Disponível com entre-eixo de 4.000 milímetros, a aptidão para encarar qualquer desafio se vê numa plataforma de carga mais alta, com comprimento de 5.600 mm, e toma forma também com o uso de suspensão dianteira e traseira reforçada e eixo traseiro com sistema de bloqueio no diferencial, para mais eficiência em terrenos acidentados e de baixa aderência.

O modelo foi desenvolvido para permitir o uso do veículo como reboque e traz de série pneus de uso misto específicos (235/75 R17.5) para operações com tração integral. O Delivery 4x4 se beneficia ainda das mesmas vantagens de sua versão 4x2. Tem o maior peso bruto total de sua categoria, com 10,7 t. A agilidade em qualquer operação se garante com 175 cavalos de potência e torque máximo de 600 Nm numa ampla faixa de rotações.

E para as operações urbanas também tem inovação: os modelos VW Delivery 9.170 e 11.180 contam com nova versão V-Tronic, que pode gerar um incremento no lucro operacional de cerca de 10%.

Pesados

Já a família Constellation combina novidades no design à robustez para o trabalho pesado com a gama de vocacionais Robust. Dentre os destaques está a evolução da transmissão automatizada V-Tronic que equipa o Constellation 24.280.

Acompanhando a demanda da automatização no segmento rodoviário, o modelo passa a contar com a caixa Eaton MHD de dez velocidades, que chega para ampliar o conforto e a produtividade das viagens de curtas e médias distâncias, com máxima capacidade de controle nas trocas de marcha, redução de consumo de combustível e mais facilidade de manobras em baixa velocidade e ré.

Já a linha MAN TGX estende sua lista de atributos com uma dose extra de conforto: a suspensão pneumática. O item passa a ser um opcional para os cavalos- mecânicos nas versões 6x2 e 6x4.