Segunda-feira, 11 de novembro de 2019 - 11h00
Implementadora 4Truck inaugura planta fabril em Guarulhos
Local conta com uma área total de 12 mil m², sendo 6 mil m² de área fabril e 800 m² entre escritório, refeitório, vestiários e áreas de convivência

A 4Truck Soluções Sobre Rodas, empresas de implementos rodoviários para a linha leve, tem uma nova sede em Guarulhos (SP). Com investimentos de R$ 1 milhão, a mudança acontece após a indústria registar contínuo aumento da demanda de implementos e de unidades móveis. A fábrica, antes sediada na região de Cumbica, agora segue bem próximo à Rodovia Presidente Dutra (BR-116), também em Guarulhos.

O local conta com uma área total de 12 mil m², sendo 6 mil m² de área fabril coberta e de 800 m² entre escritório, refeitório, vestiários e áreas de convivência. A sede anterior contava com 3 mil m², incluindo 1.800 m² de área fabril e 400 m² de escritório e vestiários.

O CEO da 4Truck, Osmar Oliveira, explica o porquê da mudança.  “Fizemos um 2018 muito forte em vendas e o espaço ficou pequeno, tanto para produzir quanto para guardar os veículos, os prontos e aqueles para implementar”, diz. De acordo com o executivo, essa percepção ficou latente no final do 1º semestre de 2018. “Na época, precisamos alugar uma área de 5 mil m² para guardar os veículos, que não cabiam na fábrica”, lembra.

As projeções são otimistas graças à mudança. O CEO revela que a nova planta deve, inicialmente, dobrar a capacidade de produção. “No médio prazo, com automação de parte do processo e treinamento das equipes, entendemos ser possível produzir três vezes o volume da antiga sede”, revela. O novo cenário também aqueceu o mercado de trabalho. “Nossa previsão inicial é de aumentar o quadro em 20%, podendo chegar a 30% ainda no primeiro ano”, pontua.

Planejamento

A iniciativa de inaugurar a fábrica faz parte do plano estratégico da companhia. Para Oliveira, a receita para driblar a crise econômica, que afetou negativamente muitas indústrias, incluindo concorrentes, é focar na gestão e nos colaboradores. “Procuramos manter nossa estrutura enxuta, identificar oportunidades de redução de custos o tempo todo e surpreender o cliente em relação ao que foi contratado.”

A questão envolvendo a administração é tão latente que, para o gestor, a análise contínua do cenário é fator primordial dentro do setor. “Difícil avaliar o que houve com os concorrentes que ficaram pelo caminho. O mercado de implementos é bastante complexo e de margem muito baixa. Um descuido na gestão pode ser fatal".

Para Oliveira, mesmo com a 4Truck crescendo, ainda há muito trabalho pela frente. “Não entendo que chegamos, mas que estamos no caminho. Muito do conquistamos, até então, é resultado de um bom trabalho conjunto”, resume.

Quanto às novidades envolvendo projetos a médio e longo prazo, Oliveira enfatiza que, por enquanto, ele está concentrado em organizar a nova sede da implementadora “Por hora, estamos empenhados em arrumar a casa, que é bastante grande em relação à anterior, e que vai nos consumir muito tempo e energia.”